8 ago 2007 - 23h39

Fim do jejum sobre o freguês

Invicto há 33 anos em Curitiba, nos jogos do Campeonato Brasileiro, contra o Flamengo, o Atlético mostrou aos cariocas logo no início quem manda no Paraná. Aos dois minutos o atacante Marcelo abriu o marcador em cobrança de escanteio desviada por André Rocha e finalizada centímetros antes de cruzar a linha do gol. Festa atleticana na Kyocera Arena, que recebeu um público muito pequeno para a importância da partida na fuga da zona de rebaixamento.

O gol fez com que os flamenguistas adotassem uma posição mais ofensiva em busca do empate e, mesmo sem ter maior posse de bola, criaram as chances mais claras de gol. O inesperado recuo do Furacão assustou a torcida, que viu no primeiro tempo uma partida sem objetividade no ataque e com muitas faltas. Além disso, Dinei e Marcelo não conseguiram receber a bola em boas condições para ampliar e, nos 45 minutos iniciais, o placar permaneceu no 1 a 0.

Segundo tempo: defesa forte e ataque eficiente

A segunda etapa começou com muito mais velocidade e movimentação. E foi exatamente assim que aos 14 minutos, em boa triangulação, saiu o segundo gol rubro-negro. Edno recebeu o último passe e chutou forte de esquerda; o goleiro Bruno chegou a encostar na bola, mas não conseguiu evitar o gol. A vantagem deu tranqüilidade aos jogadores atleticanos, abalados pela ausência de vitórias nas últimas cinco rodadas.

Assim, apresentando um bom toque de bola, o Atlético soube como se defender e partir para cima apenas nos contra-ataques. Bem fechado, o Furacão não deu espaço para o Flamengo tentar diminuir o marcador. Somente em lances de bola parada as duas equipes conseguiam chegar perto do gol e ameaçar os goleiros, apesar do bom futebol na Kyocera Arena. Nos minutos finais a torcida do Atlético chegou a gritar "olé", e festejou os três pontos conquistados em casa.

Agora, na próxima rodada, o Furacão irá encerrar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro contra o atual líder, o São Paulo, neste sábado às 18h10 no Morumbi: jogo que irá marcar o confronto do atacante Dagoberto contra seu ex-time.

%ficha=583%



Últimas Notícias

Opinião

PlaneJUMENTO

Antes de tudo, dar os devidos créditos ao @fabiangarrett93 que cunhou tal termo no Twitter sendo de uma felicidade incrível pois ilustra perfeitamente aquilo que…