11 ago 2007 - 20h06

Atlético não segura o São Paulo

Pela primeira vez desde que chegou ao Atlético, o técnico Antonio Lopes conseguiu repetir a escalação do time. Mas o sucesso obtido na partida contra o Flamengo não foi semelhante ao confronto contra o São Paulo. Mesmo não atuando mal, o rubro-negro saiu do Morumbi derrotado pelo placar de 2 a 0. O Furacão dá um tempo no Campeonato Brasileiro e agora enfrenta o Vasco, quarta-feira, pela Copa Sulamericana. A partida vai ser realizada na Kyocera Arena.

Quem viu apenas os primeiros cinco minutos da partida deste sábado pensou que o São Paulo passaria com certa facilidade pelo Atlético. Em apenas três minutos, o tricolor já havia obtido dois escanteios. Aos quatro, o árbitro amazonense Washington José Alves de Souza viu jogo perigoso de Valencia em cima de Souza dentro da área. Rogério Ceni saiu do gol e foi até a área. Enquanto todos esperavam pela cobrança de falta do goleiro, ele rolou para Jorge Wagner chutar no canto de Guilherme.

O Atlético se espertou e se não fosse a incompetência do trio de arbitragem, empataria aos nove minutos. Ferreira lançou Danilo em posição legal. O zagueiro cabeceou e Rogério Ceni espalmou. No lance havia três atleticanos sozinhos para finalizar, mas toda a jogada havia sido anulada por causa de um impedimento mal marcado.

O primeiro tempo passou a ser franco, com boas oportunidades de gols para os dois lados. Josué e Souza criavam boas chances para o São Paulo. Pelo lado atleticano boas inversões de jogada mas poucas finalizações de Dinei e Marcelo.

Mais erros da arbitragem

O São Paulo começou pressionando no começo do segundo tempo. Aos dois minutos Josué obrigou Guilherme a fazer boa defesa e mandar para escanteio. O que Guilherme não conseguiu evitar foi o gol de Borges. Aos dez minutos Richarlyson recebeu em posição duvidosa e cruzou na área. Alex Silva tentou de calcanhar, a bola tocou na trave e o atacante mandou para as redes.

Assim como aconteceu no primeiro tempo, a partida ficou aberta, mas sem criatividade no ataque o Atlético não conseguia diminuir o placar. Num lance em que poderia se transformar em vantagem para o rubro-negro, de novo o árbitro Washington José Alves de Souza fez vistas grossas numa jogada violenta de Borges. Ele deu vantagem num lance em que o são-paulino deu um carrinho por trás em Roberto. A jogada poderia ser de cartão vermelho direto, mas como Borges já tinha amarelo, o juiz preferiu dar vantagem no lance e esquecer a jogada.

Depois disso o Atlético só esperou o São Paulo e não conseguiu mais criar. Nem a entrada de Rogerinho no lugar de Netinho surtiu o efeito esperado. Essa foi a sétima derrota rubro-negra no Campeonato Brasileiro.

%ficha=584%

Melhores momentos da partida

Primeiro tempo
3 min – O São Paulo começou na pressão. Em três minutos, dois escanteios
4 min – Souza abaixou a cabeça, Valencia levantou um pouco o pé e o árbitro marcou falta em dois lances dentro da área
6 min – Gol do São Paulo. Rogério Ceni rolou para Jorge Wagner chutar no canto de Guilherme
9 min – Danilo recebeu em posição legal, cabeceou e ia fazer o gol no rebote, mas a arbitragem invalidou a jogada
21 min – O São Paulo chegou com perigo. Souza e Dagoberto inverteram as jogadas e na finalização o goleiro Guilherme fez boa defesa
34 min – O Atlético passou a tomar a iniciativa do jogo, mas custava a finalizar
47 min – Josué arriscou de fora e Guilherme defendeu
47 min – Fim do primeiro tempo

Segundo tempo
2 min – Josué chegou com perigo dentro da área e Guilherme mandou para escanteio
10 min – Gol do São Paulo. A bola veio cruzada, Alex Silva tentou de calcanhar, a bola tocou na trave e no rebote Borges mandou para as redes
12 min – André Rocha roubou a bola perto da entrada da área e chutou forte. Rogério Ceni evitou o primeiro gol do Atlético
15 min – O jogo ficou aberto com boas chances para os dois lados
21 min – Borges acertou Roberto e não marcou a falta. O são-paulino já tinha amarelo
27 min – Rogério Ceni cobrou falta com perigo. Guilherme defendeu
31 min – Hugo, na entrada da área, ficou livre para chutar. Ele mandou fraco e Guilherme evitou o terceiro gol
48 min – Fim do jogo



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vale vaga na final

Depois do empate em dois gols entre Athletico e Flamengo pela partida de ida das semifinais da Copa do Brasil 2021, as equipes tiveram resultados…

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…