15 ago 2007 - 14h57

Vasco terá força máxima nesta noite

Ao contrário de muitos clubes brasileiros, o Vasco valoriza a disputa da Copa Sul-Americana. Entende que qualquer título internacional é importante para dar visibilidade ao time. Tanto é que nesta quarta-feira vai entrar com força máxima contra o Atlético Paranaense, na estréia das duas equipes na competição. A partida começa às 21h45, na Kyocera Arena, em Curitiba. O jogo de volta será disputado no dia 12 de setembro, em São Januário.

A exemplo da Copa do Brasil, a Copa Sul-Americana funciona no sistema mata-mata (eliminatório). Ou seja: qualquer descuido, como visitante ou mandante, pode ser fatal. O zagueiro Jorge Luiz, capitão do Vasco, sabe bem disso e promete muito empenho contra o Atlético.

Segundo ele, não existe a menor possibilidade de o grupo se poupar e priorizar o Brasileiro. A ordem é superar qualquer adversário que tiver pela frente. "Esse torneio tem muito valor e a gente vai buscar a classificação para a próxima fase."

O Vasco nunca venceu o Atlético na Arena. Empatou uma vez e perdeu quatro. Confiante na quebra do jejum, Jorge Luiz mandou um recado para os vascaínos. "Fiquem tranqüilos que lutaremos por um bom resultado." Machucado, o lateral-direito Wagner Diniz é o único desfalque da equipe. Cede a vaga a Eduardo.

Inscrito na Copa Sul-Americana, Romário, de 41 anos, vai desfalcar o time pela 13.ª vez seguida. Aliás, ele não aparece para treinar em São Januário há pouco mais de um mês.

O técnico Celso Roth mandará a campo a seguinte equipe: Silvio Luiz; Vilson, Julio Santos e Jorge Luiz; Eduardo, Amaral, Perdigão, Conca e Rubens Júnior; Leandro Amaral e Alan Kardec.



Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…