30 ago 2007 - 22h32

Atlético cai de virada em Santos

O Santos venceu o Atlético por 3 a 1 em jogo realizado na noite desta quinta-feira no Estádio da Vila Belmiro. O Rubro-Negro saiu na frente com um gol de Antonio Carlos, no início do jogo, mas levou a virada. Domingos, Pedrinho e Kléber Pereira, este último sem comemorar, fizeram os gols do Peixe. Com a derrota, o Atlético Paranaense segue na zona de rebaixamento, com 23 pontos, e deixa passar mais uma oportunidade de somar pontos.

O Atlético começou bem. Com Ramon e Ferreira trocando bons passes, o time teve a iniciativa do jogo e evitou que o Santos iniciasse o jogo pressionando. A postura mais ofensiva do Rubro-Negro deu resultado aos 12 minutos. Depois de uma cobrança de escanteio, Ramon cruzou da ponta-esquerda e o zagueiro Antonio Carlos cabeceou no canto de Fábio Costa, marcando seu primeiro gol pelo Furacão. No lance, ele se chocou com o goleiro santista e ficou sentindo dores no braço, a ponto de pouco comemorar o gol.

O Santos tentou responder, mas pouco ameaçou a meta de Viáfara. O empate acabou saindo em um lance parecido com o gol atleticano, aos 29 minutos. Kléber cobrou falta na área, Domingos ganhou de Antonio Carlos na disputa área e desviou de cabeça. A bola tocou na trave, nas costas de Viáfara e entrou, decretando o empate.

Depois do gol, o Peixe subiu de produção e passou a pressionar. Aos 34, Kléber Pereira cruzou da direita e Marcos Aurélio, totalmente livre, chutou por cima da trave. O Atlético respondeu cinco minutos depois, com uma boa triangulação de Ramon, Ferreira e Edno pela esquerda. Ramon chutou rasteiro para fora, sem perigo. Aos 44, Kléber Pereira chutou forte de fora da área e Viáfara fez ótima defesa. Foi o último lance de perigo do primeiro tempo.

Virada santista

O Atlético não conseguiu impedir a virada santista na etapa final. Logo aos 8 minutos, Baiano cruzou da direita, a bola passou por toda a zaga e Pedrinho recebeu livre na esquerda. Sem marcação, ele ainda aguardou Viáfara sair do gol para chutar cruzado e marcar o segundo gol do Santos. O Rubro-Negro se perdeu na partida e o Peixe não teve dificuldades para garantir a vitória. Nos minutos seguintes, Viáfara apareceu bastante no jogo ao sair jogando com os pés e driblando os atacantes santistas. A única chance criada pelo Atlético foi aos 21 minutos. Pedro Oldoni invadiu a área e chutou, mas Fábio Costa fez a defesa.

Aos 29, Alan Bahia cometeu pênalti em Marcos Aurélio. O volante chegou atrasado no lance e foi ingênuo ao ir para cima do atacante, que foi ao solo e ficou com o pênalti. Kléber Pereira cobrou bem e marcou o terceiro. O atacante, um dos ídolos da história do Atlético, não comemorou o gol em sinal de respeito ao clube. O Atlético teve uma excelente chance para descontar aos 39, quando Ferreira aproveitou uma bobeada do zagueiro Marcelo, passou por Fábio Costa e chutou na rede pelo lado de fora.

Nos minutos finais, o técnico Vanderlei Luxemburgo aproveitou por fazer modificações na equipe e preparar o Santos para a próxima rodada. O Atlético completou o quinto jogo sem vitória e está em situação muito delicada no Campeonato Brasileiro. O próximo jogo é contra o Atlético Mineiro, domingo, na Kyocera Arena.

%ficha=588%



Últimas Notícias

Paranaense

Atletiba acaba empatado

Coritiba e Athletico ficaram no empate de 1 X1 no Couto Pereira no final da tarde, quase noite pelo Paranaense 2024. Mastriani abriu o placar…