18 set 2007 - 8h02

Manchetes atleticanas desta terça-feira

Um clássico em estado de ebulição
O clássico entre Atlético e Paraná mudou de nome. Ao menos para os presidentes dos dois clubes da capital. Motivados pela rivalidade crescente, os dirigentes que ocupam o topo dos organogramas do Rubro-Negro e do Tricolor não mencionam mais o nome do rival.

 

Torcida do Atlético responde em campo
Números não mentem. Apenas comprovam que a torcida tinha razão em pedir à diretoria do Atlético a redução do preço de ingresso. Em duas partidas, nas quais prevaleceu o bilhete promocional, a galera rubro-negra correspondeu e bateu dois recordes de público na Arena neste Brasileirão.

 

Atlético e Paraná de olho na calculadora
O Paraná Clube tem 56% de chances de ser rebaixado no Campeonato Brasileiro de 2007. O cálculo é do site www. chancedegol.com.br, que coloca o Atlético-PR com uma probabilidade bem menor de cair para a Série B — apenas 17,8%.

 

Ney Franco elogia postura do Atlético-PR
O técnico do Atlético-PR, Ney Franco, elogiou a equipe na vitória por 2 a 1 sobre o Palmeiras. Segundo ele, o jogo foi equilibrado mas a atitude dos jogadores fez a diferença para que o Furacão saísse com a vitória.

 

Trio de Ferro vive semana decisiva
Na 16º colocação, com 32 pontos, o Rubro-Negro conta com uma vitória no clássico para ampliar a vantagem, hoje de um ponto, para o adversário local. Ney Franco deve promover o retorno de Rhodolfo no lugar de Danilo, que cumprirá suspensão. Nas demais posições, a tendência é repetir a equipe que venceu o Palmeiras.

 


Últimas Notícias