O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
24 set 2007 - 18h02

Quando se é pequeno, pequeno sempre será

Antes de escrever sobre o significado do título do texto, eu vou fazer um apelo à nação rubro-negra.

A partir de hoje, nunca mais vamos deixar os nossos “co-irmãos” tripudiar do nosso esplendoroso Furacão. Nunca mais vamos deixar que esta corja de invejosos venha a público colocar dúvidas sobre a nossa torcida, sobre as nossas ações e sobre a nossa grandeza.

Pois daqui para frente vamos seguir o refrão que embalou a Seleção Brasileira da Copa de 70 para levar o nosso Atlético Paranaense a seu lugar de direito que é a Copa Libertadores das Américas.

E hoje acredito que temos condição para isso. Parece empolgação de um torcedor que está delirando, mas não é, e sim a percepção de melhor futuro para nós.

Hoje vejo em campo um time mais equilibrado, mais unido e mais confiante de suas condições técnicas. Escrevo assim, pois ver o Ferreira jogar junto com Marcelo Ramos, Netinho, Valência, Viafara, Rogério Correia, Antonio Carlos, Rodolfo, Claiton e mais o Ramon, Piauí, Danilo e outros que estão destacando-se no time, nos indica isso.

Com a volta de Alex Mineiro, o time ficará em uma situação técnica melhor ainda e nos dando total confiança de melhores dias para o nosso Furacão.

Mas voltando ao refrão da música, até onde eu estou lembrado é assim: “Todos juntos para frente Brasil, Brasil… Salve a seleção!” Bom, no nosso caso “Todos juntos para frente Furacão, Furacão… Vamos à Libertadores…”.

É isso mesmo! Vamos unir as nossas forças em pensamentos positivos para que fora dos nossos domínios os jogadores levem em seus corações a garra, o espírito rubro-negro como o Viafara levou no jogo de ontem ao mostrar que por baixo da camisa de goleiro estava uma camisa de uma de nossas torcidas organizadas para simbolizar o seu carisma com a torcida e seu respeito com o Clube Atlético Paranaense.

Agora, sobre o significado do texto. Antes deste final de semana eu escrevi sobre um “termo de compromisso” entre eu e um torcedor dos ervilhas proposto pelo ervilha. E como não é diferente das atitudes de seus dirigentes, o cara hoje está virado no bicho. Não aceita e acusa a Gazeta do Povo de não cumprir com o regulamento.

Alega o cidadão que foi um erro de borderô a nosso favor para a gente ganhar deles. Bom, como um bom samaritano que sou, resolvi, colocar panos quentes no negócio, até porque estamos em um ambiente de trabalho e não quero que isso vire uma briga interna.

E a solução foi aceitar um empate técnico com eles em números de torcedores pagantes, tirando os torcedores do Ceará, os do Paraná e aqueles que entraram “na faixa”. Os três mil no Pinga Mijo e os mil na Arena. E nem assim o cara sossegou, e continuou no ataque.
Até está pesquisando uma situação para denunciar o nosso Atlético por descumprimento do Estatuto do Torcedor, dizendo que no site oficial do nosso Atlético está escrito que a capacidade é de 23 mil e nós colocamos 27 mil no estádio. Só que são 700 paranistas, mil da faia; fazendo a dedução, resultam em exatamente 25.300 mil torcedores pagantes só no Caldeirão, só do Furacão. E resultando em 26 mil e poucos torcedores de ambas as torcidas.

Só estou escrevendo isso para dizer que quando se é pequeno, pequeno sempre será. A prova foi que eles levaram exatamente o mesmo número de pagantes, e não têm a vergonha na cara de admitir que foram 3 mil de graça para dizer que são maiores do que nós.

Pois é coxada, “torcida se mede em campo”, mas com os que realmente pagam os ingressos e não com os amigos do GG juntos. Outra coisa, querem medir forças! Proponho que realizemos uma pesquisa no Paraná e em todos os Estados Brasileiros para provar quem, de fato, é o maior, apesar de eu saber que somos nós.

Vamos medir a nossa torcida por pesquisa estatística para ver no que dá e acabar de vez com as dúvidas de vocês. Pois nós já sabemos que é: somos nós!

Um abraço aos torcedores rubro-negros e provamos de vez que somos os maiores pelo número de torcedores pagantes que levamos na nossa Arena inacabada em relação ao Pinga Mijo deles acabados. Agora, imaginem quando a Arena estiver pronta. Não vou nem comentar para a inveja não pegar…



Últimas Notícias

Notícias

Jogador de meio tempo ?

Contratado no mês de maio Mais precisamente no dia 22/05. O meia David Terans foi anunciado como o novo reforço do Athletico. O jogador pertencia ao…

Notícias|Opinião

Arquibancada

Quem me conhece há mais tempo já me ouviu dizer que “a arquibancada é que é o meu lugar”. Para além do sentido literal, do…