29 set 2007 - 15h39

Nova Arena terá dois placares eletrônicos

O projeto de conclusão da Arena prevê a instalação de dois painéis eletrônicos, um atrás de cada um dos gols. A instalação de placares eletrônicos no estádio é uma das orientações da Fifa no caderno de recomendações para a modernização de estádios de futebol, documento disponível no site oficial da entidade.

O documento afirma que "é inusitado hoje em dia encontrar um estádio moderno que não possua algum tipo de comunicação com seus torcedores por intermédio de placares eletrônicos, por outro lado, alguns estádios possuem televisores espalhados pelo seu interior que permitem os espectadores não perder nenhum lance do jogo. Esse sistema é muito sofisticado, mas o seu custo é muito alto".

Hoje, a Kyocera Arena não possui placar eletrônico. No entanto, o clube oferece aos torcedores e profissionais que trabalham no estádio 120 monitores de vídeo, que possibilitam acompanhar em tempo real a partida, mesmo durante a locomoção pelos corredores da Baixada. Após a conclusão do estádio, a previsão é de que o número destes monitores de LCD seja ampliado para 250.

Publicidade

Além da comunicação com os torcedores, os telões eletrônicos são um importante veículo de publicidade. Os painéis poderão exibir filmes de patrocinadores. Ao lado disso, a parte de publicidade da Arena será complementada por monitores de vídeo, publicidade estática e áudio.

Placar

Com a instalação dos telões, a Kyocera Arena será o primeiro estádio paranaense a contar com essa tecnologia. Desde que foi inaugurado, em 1999, o estádio atleticano nunca teve placar, com as informações sendo divulgadas aos torcedores apenas através do sistema de som do estádio.

No velho Joaquim Américo havia um placar (de um modelo antigo, com a troca dos gols marcados durante o jogo sendo feita de forma manual), que virou tradição entre os atleticanos. O placar ficava na curva com a rua Madre Maria dos Anjos (local hoje reservado à torcida adversária). No entanto, na velha Baixada, a curva do placar era um dos pontos preferidos dos torcedores atleticanos, que ficavam instalados no setor logo ao lado de onde ficava a torcida organizada Os Fanáticos (no local onde hoje é o setor Madre Maria Sundow), na famosa reta do gol dos fundos da Baixada.



Últimas Notícias