10 out 2007 - 7h59

Manchetes atleticanas desta quarta-feira

Atlético comemora falta de visão do técnico colombiano
Considerando a fase ruim da Colômbia no fu-tebol sul-americano nos últimos anos, parecia impossível que o Atlético, já tendo encontrado um colombiano bom de bola, achasse mais um. Pois nesse caso, a lógica (imperfeita) do futebol foi contrariada, e se já tinha o perigoso Ferreira em seu ataque, o Furacão encontrou Valencia como peça fundamental para a proteção da defesa.

 

Valencia conquistou a torcida rubro-negra
A legião colombiana do Atlético está em alta com a torcida. Ferreira tem desequilibrado a cada jogo no Caldeirão rubro-negro e é constantemente elogiado. Porém, na última partida, o compatriota Valencia roubou a cena.

 

Nova chance de aprender a jogar fora de casa
Voltar a vencer fora de casa, depois de 37 dias. Este será o principal desafio do Atlético em Caxias do Sul, na próxima sexta-feira, às 20h30, frente ao Juventude. O último triunfo atleticano longe da Baixada foi no dia 5 de setembro, quando a equipe derrotou o Goiás por 3 a 2 no Serra Dourada.

 

Antônio Carlos sonha com a Libertadores
Com as duas vitórias seguidas no Brasileirão sobre Botafogo e Vasco, respectivamente, o Atlético Paranaense esqueceu as últimas colocações e já pensa em saltos maiores na competição. Para o zagueiro Antônio Carlos, a partida contra o Juventude revelará se a equipe lutará pela Sul-Americana ou até mesmo por uma vaga na Libertadores, o que é mais complicado.

 

MISTÉRIO OU DÚVIDA NO FURACÃO
O técnico Ney Franco ainda não definiu quem será o substituto do meia Ferreira, na partida contra o Juventude. Convocado para defender a Colômbia, nas Eliminatórias Sul-Americanas, o jogador será o principal desfalque para o jogo, marcado para esta sexta-feira.

 


Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…