31 out 2007 - 11h42

Furacão tem mais um jogo decisivo

Se a vaga para a Libertadores parece um sonho muito distante, o definitivo sepultamento de qualquer ameaça de rebaixamento, além da volta do ídolo Alex Mineiro na Baixada são motivos de sobra para o torcedor ir hoje ao Joaquim Américo.

O Atlético, atualmente na 9ª posição do campeonato com 46 pontos, pode subir duas posições caso vença o Grêmio, 5º na classificação geral com 54 pontos e conte com as derrotas de Figueirense e Fluminense na rodada.

Os comandados de Ney Franco sabem que o desafio é grande, mas não se furtam da responsabilidade, mesmo o Grêmio sendo um forte adversário e que requer muito cuidado. “Independente da forma que o Grêmio jogue, sabemos que, como a Arena é um campo com dimensões menores, qualquer lance de falta perto da área pode ser perigoso", declarou o zagueiro Antonio Carlos, que já jogou contra o atacante Marcel e junto de Tuta, o outro avante do time gaúcho.

O Grêmio pode ter dois importantes desfalques na partida desta noite. O meia Tcheco, pivô do polêmico lance no jogo do Olímpico entre as equipes, em que de forma imprudente o curitibano ergueu demais a perna, chutando o rosto do atacante Alex Mineiro e o tirando do campeonato por longos três meses, sente dores estomacais e apesar de ter treinado na tarde de terça-feira, é dúvida. Outro que pode deixar o time do treinador Mano Menezes é o lateral esquerda Hidalgo, com dores musculares. Ambos viajaram para Curitiba e serão melhor avaliados momentos antes da partida.

Outra dúvida do comando técnico gremista é com relação ao ataque. Forçando as jogadas aéreas, a preferência recai sobre Marcel, mas caso deseje um time com mais toque de bola e jogadas lateralizadas, Jonas deve formar a dupla de ataque com Tuta, este garantido com a 9 do time dos pampas. A provável escalação do tricolor gaúcho é Saja; Bustos, Leo, William e Hidalgo; Eduardo Costa, Sandro Goiano, Tcheco e Diego Souza; Jonas (Marcel) e Tuta.

Já o Atlético confirmou no treino apronto de ontem que o time que começa a partida é o mesmo que empatou em um gol fora de casa contra o Cruzeiro na última rodada. O técnico Ney Franco ainda não sairá com o ídolo Alex Mineiro, deixando-o como opção no banco de reservas para o transcorrer da partida. Assim, o atacante Marcelo Ramos, que já não marca há seis rodadas, segue no comando de ataque, ao lado do colombiano Ferreira, o grande trunfo rubro-negro para conseguir mais uma vitória, que seria a 7ª seguida dentro da Kyocera Arena. Ney deve mandar a campo portanto Viáfara; Jancarlos, Rhodolfo, Antonio Carlos, Danilo e Michel; Valencia, Claiton e Netinho; Marcelo Ramos e Ferreira.

Hoje, mais uma vez a nação atleticana tem encontro marcado, a partir das 19h30 para o jogão entre Atlético e Grêmio. Compareça, leve sua força e incentivo ao Furacão dentro de casa!



Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…