6 nov 2007 - 20h08

Devido a denúncias, Atlético abandona arbitral

Devido à prisão do ex-presidente da Federação Paranaense de Futebol, Onaireves Moura, e de outros dirigentes da instituição, acusados de desviar recursos da FPF e de outros crimes, o Atlético sugeriu o adiamento do arbitral realizado na tarde de hoje para definir questões financeiras relativas à "Série Ouro" 2008, o campeonato estadual.

De acordo com informações do site oficial, o clube manifestou sua contrariedade antes mesmo do início da assembléia. Os dirigentes rubro-negros argumentaram que a prisão judicial de dirigentes da FPF (afastados e atuais) gera um ambiente impróprio para a discussão de assuntos financeiros e propôs o adiamento do arbitral, "de modo a permitir o esclarecimento dos fatos, definir a extensão do comprometimento da atual diretoria com as denúncias de crimes apontados pelo Ministério Público e o futuro da própria Federação".

Apesar disso, os demais clubes presentes preferiram realizar a assembléia, obrigando o CAP a retirar-se da reunião, ressalvando seu direito de participar do Campeonato, porém, com a discordância quanto a eventuais decisões da assembléia "por entendê-la inoportuna, indevida e ilegítima".



Últimas Notícias