11 nov 2007 - 17h52

Ovacionado, Geninho promete voltar ao Atlético um dia

Aos gritos do já tradicional canto "Ah que bom seria, se o Geninho voltasse algum dia", a torcida do Atlético recepcionou muito bem o ex-treinador rubro-negro, Geninho, Campeão Brasileiro com o Furacão em 2001. Esta não foi a primeira vez que o técnico retornou à Baixada, mas mesmo assim Geninho disse que sempre se emociona com o carinho da torcida atleticana em Curitiba.

Ao final da partida, o técnico falou rapidamente aos profissionais da imprensa esportiva e não escondeu o desejo de voltar ao Atlético. "Eu não posso dizer quando, mas com certeza um dia eu volto. Um dia irei voltar porque o carinho que tenho por eles e tenho por mim é fantástico. Tem que ter um reencontro", declarou.

Além da torcida atleticana, o treinador elogiou também a cidade de Curitiba. "Cada vez que eu venho a Curitiba e principalmente ao Atlético, eu tenho uma emoção diferente. Eu não sei nem como eu retribuo esse carinho que vocês têm por mim. Essa torcida do Atlético é maravilhosa", disse Geninho.

Ney Franco

O técnico, que já depois de 2001 já voltou à Arena no comando de Atlético Mineiro, Corinthians, Goiás e agora Sport, fez questão de elogiar as qualidades do atual comandante do Furacão. "O Ney é um baita treinador dessa geração, ele tem tudo para se manter um bom tempo aqui no Atlético. Mas eu acho que um dia eu tenho de voltar para cá. Só não tem data marcada, mas um dia eu volto, podem ter certeza", prometeu mais uma vez.

Convites

Geninho revelou que teve duas conversas com a diretoria do Atlético para voltar ao clube. A primeira em 2005, e a segunda neste ano, pouco antes da contratação de Ney Franco. "Eu fui convidado para vir para cá quando eu estava na Arábia, acho que em 2005, mas era impossível eu sair de lá. Havia uma multa altíssima, então não dava. E tive uma pequena sondagem antes de contratarem o Ney. O Maculan me ligou, mas infelizmente eu não podia deixar o Sport com um trabalho no meio. Não poderia fechar uma porta, é coisa que eu não faço", disse ele, considerado um dos profissionais mais éticos da área.

"Uma hora a coisa vai acontecer de maneira que o desfecho seja bom. Tudo tem um momento certo. Nosso destino está traçado e vai acontecer no momento certo. O meu destino com o Atlético tem um pedaço para se encontrar lá na frente", aposta.



Últimas Notícias

Opinião

PlaneJUMENTO

Antes de tudo, dar os devidos créditos ao @fabiangarrett93 que cunhou tal termo no Twitter sendo de uma felicidade incrível pois ilustra perfeitamente aquilo que…