25 nov 2007 - 20h07

Atlético perde para o Flamengo na penúltima rodada

O Atlético perdeu para o Flamengo por 2 a 0 no Maracanã diante de 87 mil torcedores, o maior público deste Campeonato Brasileiro 2007. Contrariando as expectativas, o técnico Ney Franco manteve o esquema tático 3-5-2 e optou por uma proposta defensiva. A idéia funcionou no primeiro tempo, mas não foi eficaz na etapa final. O Flamengo não precisou se esforçar muito para fazer dois gols (um deles irregular) logo nos primeiros minutos do segundo tempo e definir a vitória.

Empurrado pela torcida, o Flamengo partiu para cima do Atlético nos primeiros minutos de jogo. Na base da empolgação, o time carioca chegou com perigo em lances protagonizados pelos Leonardo Moura na direita e Juan, na esquerda. Aos 8 minutos, Leonardo Moura cobrou uma falta na direita e Léo Medeiros cabeceou a bola na trave direita de Viáfara. O susto acordou o Atlético. Depois desse lance, a marcação encaixou e o Flamengo pouco chegou à meta do goleiro colombiano.

Em compensação, o Furacão também não teve muita força ofensiva. Jogando aberto na ponta-esquerda, Alex Mineiro foi quem teve as melhores oportunidades, mas o time não teve nenhuma chance concreta de arremetar. A melhor jogada saiu dos pés de Ferreira, aos 14 minutos. Ele caiu pela direita e cruzou para Claiton na pequena área, mas o zagueiro Fabio Luciano se antecipou e cortou para escanteio.

Nos minutos finais da etapa inicial, o Flamengo esboçou uma pressão, mas novamente a marcação atleticana funcionou. Valencia, Jancarlos e Ferreira pararam algumas jogadas com falta e outros lances foram contidos com desarme.

Derrota

O empate sem gols, que era bom para o Atlético, foi por água abaixo logo nos primeiros minutos do segundo tempo. Renato Augusto tabelou bonito com Souza e chutou no canto direito de Viáfara, que ficou sem reação. O gol despertou a torcida flamenguista, que até então estava calada, apesar de presente em número expressivo (mais de 80 mil pessoas).

O segundo gol saiu aos 16 minutos. Souza roubou uma bola na esquerda e acionou Renato Augusto. Ele driblou Danilo na linha de fundo e tocou para Juan. Em posição de impedimento, o lateral-esquerda não teve dificuldades para tocar na saída de Viáfara. Imediatamente após o gol, Ney Franco sacou o lateral-esquerda Michel e colocou o experiente Ramon em campo. Com isso, Netinho foi deslocado para a ala-esquerda, onde jogou por dez minutos, até a entrada de Edno.

Como efeito das mudanças, o Atlético aumentou o controle da bola. O time passou a ter a iniciativa do jogo. O Flamengo, satisfeito com a vantagem, procurou explorar jogadas de contra-ataque. Porém, não houve jogadas de perigo. O Atlético insistiu nas trocas de bola, mas não conseguiu criar nenhuma chance efetiva para marcar.

%ficha=604%

Melhores momentos da partida

Primeiro tempo
08 min – Leonardo Moura cobra falta da direita e Léo Medeiros cabeceia a bola na trave direita da meta de Viáfara.
14 min – Ferreira faz boa jogada pela ponta-direita e cruza na pequena área para Claiton, mas Fabio Luciano corta o perigo.
37 min – Ibson arrisca de fora, mas manda por cima da trave.
40 min – Souza recebe na área e ensaia uma bicicleta, mas sem precisão.
48 min – Fim do primeiro tempo.

Segundo tempo
02 min – Ferreira chuta de fora da área por cima da trave.
04 min – Gol do Flamengo. Renato Augusto tabela com Souza e bate no canto de Viáfara.
16 min – Gol do Flamengo. Juan recebe impedido e toca na saída de Viáfara.
22 min – Ronaldo Angelim recebe na esquerda e tenta tocar por cima, mas Viáfara defende.
28 min – Souza recebe de Obina e chuta na rede pelo lado de fora.
38 min – Rhodolfo cabeceia e Bruno faz a defesa.
42 min – Ramon bate de fora, a bola desvia e quase engana Bruno.
49 min – Fim da partida.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vale vaga na final

Depois do empate em dois gols entre Athletico e Flamengo pela partida de ida das semifinais da Copa do Brasil 2021, as equipes tiveram resultados…

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…