25 nov 2007 - 12h16

Ney Franco aposta na manutenção da base para o próximo ano

O ano ainda não acabou, mas a comissão técnica do Atlético já está planejando a próxima temporada. Depois do anúncio da renovação de seu contrato, Ney Franco passou a estudar as necessidades da equipe para o ano de 2008. O fato de não ter conquistado títulos neste ano aumenta a responsabilidade dos atleticanos. No primeiro semestre, o clube disputará o Campeonato Paranaense e a Copa do Brasil. Ney já disse que não pretende dividir os jogadores em dois grupos, como ocorreu em temporadas recentes. A idéia é fortalecer o plantel e aproveitar as primeiras competições para dar ritmo ao time para a disputa do Brasileirão.

Uma pista do que será o Atlético versão 2008 foi dada por Ney Franco em uma entrevista a Paulo Vinícius Coelho, publicada no blog do jornalista. Ele falou sobre o desempenho do Atlético sob o seu comando, sobre o confronto contra o Flamengo neste domingo e sobre os planos para o próximo ano. "Acho que a gente tem uma boa base. Também não dá para sair contratando muita gente, porque o mercado não está assim, oferecendo muita coisa. Mas temos uma base para brigar por vaga na Libertadores, ano que vem", afirmou.

A declaração de Ney Franco dá a entender que o Atlético não mudará sua política relativa a contratação de jogadores. Nas últimas temporadas, o clube não tem investido em muitos reforços, optando por valorizar os jogadores do elenco e promover atletas revelados nas categorias de base. É muito provável que Ney faça indicação de jogadores de clubes emergentes, como o Ipatinga, que conquistou o acesso para a Série A e já foi treinado por ele. O técnico é um conhecedor do mercado do futebol e já exerceu a função de recomendar jogadores na sua passagem pelo Flamengo.

Por outro lado, o comentário revela também a intenção do clube de manter boa parte dos jogadores que tiveram um bom desempenho neste ano. Nesta condição, estão nomes como os zagueiros Antonio Carlos e Rhodolfo, o volante Valencia e os meias Ferreira e Netinho. Ney Franco acredita que a permanência desses jogadores dará condições ao Atlético de brigar pelas primeiras colocações no próximo Campeonato Brasileiro. Para sustentar essa tese, ele destaca o desempenho do time sob o seu comando neste segundo turno. "Quando eu cheguei, a gente tinha de tentar lutar para sair das últimas posições. Hoje, temos a quinta melhor campanha do segundo turno e uma invencibilidade de oito jogos, que poucos clubes conseguiram", lembrou o técnico.

Clique aqui para conferir o bate-bola de Paulo Vinícius Coelho com o técnico Ney Franco.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vale vaga na final

Depois do empate em dois gols entre Athletico e Flamengo pela partida de ida das semifinais da Copa do Brasil 2021, as equipes tiveram resultados…

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…