1 dez 2007 - 15h45

Com novidades, Atlético enfrenta o São Paulo na Arena

Pela segunda vez o Atlético encerra uma temporada enfrentando o São Paulo. A diferença é que em 2005 a despedida do Rubro-Negro foi longe da torcida, no Morumbi, em uma derrota por 3 a 1 para o Tricolor paulista. Mas desta vez a história é outra. Tendo a vantagem de jogar no Caldeirão, onde nunca perdeu para o São Paulo, o Furacão quer por fim no jejum de três jogos sem vitórias e dar de presente à torcida, que incentivou o time durante a competição.

Desde de 99, o Rubro-Negro e o Tricolor se enfrentaram oito vezes na Kyocera Arena, sendo que o time atleticano venceu seis e empatou dois, tendo marcado 18 gols e sofrido nove. Além de ser um jogo que o Atlético quer confirmar o tabu de nunca ter perdido para a equipe são-paulina desde 99, e também deseja encerrar o jejum de três jogos sem vitórias, a partida é importante para o Furacão se garantir em uma competição continental no ano que vem: a Copa Sul-Americana.

Para assegurar uma vaga no torneio e ter no calendário de 2008 um campeonato internacional, o Atlético precisa vencer o São Paulo, e torcer para tropeços de Botafogo e Figueirense (que se enfrentam), Atlético Mineiro (que encara o Palmeiras), Vasco (que enfrenta o Paraná Clube), e Sport ( que joga contra o Juventude). Vale lembrar que todos os jogos desta última rodada do Brasileiro estão marcados para às 16h.

Para a partida contra o São Paulo, o técnico Ney Franco têm três desfalques importantes. O volante e capitão Claíton, o meia Ferreira, e o atacante Alex Mineiro, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Vale ressaltar que Alex, ídolo atleticano, confirmou na quarta-feira que não fará parte do elenco rubro-negro na próxima temporada. Para substituí-los, o treinador irá escalar: Alan Bahia na meia cancha, Taílson na vaga do colombiano, e Marcelo Ramos no lugar de Alex Mineiro. Com isso, o Rubro-Negro volta a ter no ataque dois atacantes de ofício.

Mas é na meta atleticana que está a maior surpresa. Ney Franco optou por tirar o goleiro Viárafa, e colocar Vinicius no gol. Segundo o treinador a mudança é para avaliar o arqueiro para a próxima temporada. Mas segunda o jornal Gazeta do Povo, Viáfara pode deixar o Atlético. Quem volta a aparecer na lista dos 22 jogadores convocados pelo treinador para o jogo, é o lateral-esquerda Piauí. O jogador passou por uma artroscopia no joelho e deve ser a opção do treinador no banco de reservas.

Assim o Atlético já escalado para enfrentar o São Paulo entra em campo com: Vinicius; Jancarlos, Rhodolfo, Antonio Carlos, Danilo e Michel; Alan Bahia, Valencia e Netinho; Taílson e Marcelo Ramos.

Confira abaixo os 22 jogadores convocados pelo técnico Ney Franco:

Goleiros
João Carlos
Vinicius

Zagueiros
Alex
Antonio Carlos
Danilo
Rafael Santos
Rhodolfo

Laterais
Edno
Jancarlos
Michel
Nei
Piauí

Volantes
Alan Bahia
Roberto
Valencia

Meias
Evandro
Netinho
Ramon

Atacantes
Marcelo Ramos
Pedro Oldoni
Taílson
Willian



Últimas Notícias

Hugo Moura comemora golaço marcado na Arena

Brasileiro

Volte sempre, meu vice.

Na Arena da Baixada, Athletico 4 x 2 RB Bragantino. O Athletico entrou em campo com um time bastante modificado, poupando jogadores para o confronto…