O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
14 dez 2007 - 22h36

Jogos da TV – Parte II

Ratifico integralmente as palavras do torcedor José de Oliveira Rocha Neto em relação ao Atlético se recusar a aderir à transmissão do Paranaense.

Sinto até um desânimo quando vejo a propaganda do Campeonato Catarinense no SporTV e nada do Paranaense.

A Diretoria grita aos quatro ventos que o número de sócios é baixo, que quer dar projeção internacional ao Furacão, que a torcida é uma falácia, mas restringe cada vez mais o público alvo da expansão do Clube.

A recusa da oferta da RPC foi um grande erro, assim como o alto valor dos planos de associação, que tranformou o Caldeirão num freezer, além do absoluto desprezo com que é tratado o torcedor que não reside em Curitiba.

Se o valor oferecido cresceu dez vezes de um ano para o outro, fica claro que o produto CAP foi devidamente valorizado.

O Atlético não disputa nada importante desde 2005 e depois do Brasileirão de 2001 só ganhou um ou outro Estadual. Em 2006 e 2007 entregou a Sulamericana e a Copa do Brasil, quase sendo rebaixado.

Não revelamos nenhum grande jogador desde Jadson (que veio do PSTC), embora a Diretoria alegue ser proprietária do melhor CT de todas as galáxias.

Ora, convenhamos, R$ 400.000,00 está muito bom para esse “Torneio da Banana”.

Pelo nosso desempenho dos últimos dois anos não podemos nos dar ao luxo de recusar nada, nem o Campeonato Paranaense. Como diz o pessoal daqui do RS, “Quem come qualquer coisa, tá sempre mastigando”.



Últimas Notícias

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…