O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
5 jan 2008 - 18h47

O desejo em ser sócio!

O nosso querido Clube Atlético Paranaense, tratado daqui para frente como CAP, lançou a nova modalidade de associação ao clube, com os novos valores e condições.

Com valores de R$ 50,00 para se tornar Sócio Furacão, o CAP equivoca-se mais uma vez em sua política de integração. Nossos Dirigentes, os quais respeito e admiro profundamente, esquecem que este esporte e este clube ainda são intrinsecamente dependentes da massa, do povão, das pessoas simples ou como for que se queira chamar.

Estas pessoas são as que se comprometem com o CAP em qualquer momento, como sabiamente querem nossos Dirigentes. Digo isto, porque é notório para qualquer pessoa sensata e que esteja desprovida de qualquer parcialidade, que são elas que realmente incendeiam e fervem nosso caldeirão.

Tenho absoluta convicção que se nosso CAP abrisse uma chance para estas pessoas, teríamos um público de pelo menos 18 a 20 mil pessoas, inclusive no desprestigiado campeonato paranaense. Isso porque nossos competentes Dirigentes, já conseguiram que se tornasse “moda”, “cool” assistir aos jogos do CAP e hoje todos querem estar lá empurrando com seu grito o FURACÃO!

Já que sou contra o valor cobrado vejo-me obrigado em sugerir uma alternativa. Neste caso, o R$ 50,00 em si, não se trata de valor tão elevado, mas a falta de um valor alternativo de no máximo R$ 30,00 para as pessoas, comprovadamente, de poder aquisitivo inferior a pelo menos 1 salário mínio ou que devido a situação fática em que vive, possua condição econômica semelhante a esta é o problema, até porque ninguém quer ir ao estádio sem poder nem comprar o que comer ou o que beber.

Ora, está mais do que na hora de democratizarmos o acesso ao CAP. Mesmo que seja uma burocracia “tremenda”, a encargo do sócio é óbvio, para que se comprove tal condição, mas o mais importante é que exista a acessibilidade ao CAP para todos os que amam, respiram, vivem e cantam inclusive morrer pelo nosso querido Clube Atlético Paranaense.

Por fim, não deixo de reconhecer a evolução gigantesca e espetacular que nossos Dirigentes, com muita garra e coragem de arriscar, fizeram pelo CAP nesses últimos anos. É por isso que, como todo atleticano racional e grato, entendo que somente a eles é permitido errar, mesmo que em casos tão óbvios como esses.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…