O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
12 fev 2008 - 16h45

Por que não uma homenagem? – II

Estou enviando esta mensagem para dizer que gostei muito da idéia do Nikolas.

Somos todos atleticanos, cada um em sua geração tem histórias maravilhosas para contar. Quem sabe daqui alguns anos, estejamos contando histórias atleticanas de sucesso e de nossa geração.

Mas somos atleticanos, e o nosso clube tem uma história. Muitas gerações se passaram, e algumas histórias maravilhosas ficaram guardadas e se tornam públicas em um momento em que tudo se harmoniza, como se estivesse esperando o momento certo de reaparecer.

Eu, como muitas outras pessoas, conhecemos a história de nosso clube, mas mesmo que algumas coisas não nos tenha sido contadas, em um momento elas faram sentido em nossas vidas. Como este recorde que se transformou na primeira conquista importante da nossa temporada.

Os ídolos existem para serem lembrados, e eu adoraria assistir aos jogos do Furacão de 49. Gostaria de poder voltar no tempo e sentir o que era aquele time jogando. Pois se hoje em dia, a emoção de um gol chorado aos 47 minutos me fazem ficar sem ar por muitas horas e desejar que aqueles segundo se repita pela vida toda, o que seria de mim naquele ano?

Tenho o sentimento do meu colega. Uma homenagem àquele time, seria fantástico, seria histórico e seria lindo. Resgatar um momento como esse talvez seja o melhor a se fazer nesta oportunidade. E o clube não pode perdê-la.

Lançar uma camisa comemorativa, não para o jogo fora de casa, mas para o que acontecerá aqui em Curitiba, já com o recorde igualado, e com a possibilidade de se batê-lo. Uma camisa comemorativa, moderna, mas com o desenho imitanto a camisa do furacão de 49. Seria fantástico, seria histórico e seria lindo. Resgatar um momento como esse talvez seja o melhor a se fazer nesta oportunidade.

Eu sem dúvida compraria e desfilaria com orgulho a camisa, símbolo do meu amor, que não tem época, se amo o Furacão de hoje, amo o Furacão de todas as épocas do passado. O forte e o fraco e nunca vou deixar de amar. Um símbolo só fortifica mais ainda o meu amor.

Vamos pessoal, vamos pedir a nossa diretoria, estamos nos tornando o clube mais democrático do Brasil. Por que não tentar? Peçamos a nossa diretoria e acredito que nosso desejo possa se concretizar.

Um abraço a todos os atleticanos de coração.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…