O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
28 fev 2008 - 11h06

Vendedores de ilusão

Convenhamos, o Atlético há três anos não tem uma equipe vencedora. Esse enganoso início de temporada, com a quebra do recorde de vitórias no campeonatinho paranaense, só se deu pela incrível mediocridade dos oponentes, aí incluídos os favelados e os falidos. Além do mais, vale lembrar o sacrifício que foi vencer as ultimas partidas. No entanto o entusiasmo tomou conta da torcida, na qual me incluo, pois afinal, vitória é vitória, não importando os meios.

Na realidade os pernas-de-paus são praticamente os mesmos do ano passado, mas mais entrosadinhos, embora continuem fraquinhos. Aí veio a desgraça, anunciou-se o desmonte, começando pelo que tínhamos de melhor e único craque do time: Ferreira, levado repentinamente para sabe lá Deus onde.

Não sou fã do futebol de Claiton, pois ele é limitado. No entanto sou fã de carteirinha de sua raça, liderança e poder de reação. O time com ele tem alma, sem ele acaba, porque o resto é ruim demais. Perdê-lo logo no início, foi um absurdo. Há que se fazer sacrifícios se queremos algo mais que recordes enganosos, pelo menos o título do campeonatinho paranaense(arre!).

Sempre pedi a cabeça do Jeancarlos, porque é um jogador de má vontade, preguiçoso e sem graça, mas com esse treinador o cara até que estava entrando nos eixos e uma bolinha legal, coisa que nunca tinha feito antes. Resultado, essa diretoria de merda deixa de renovar o contrato do jogador e ainda por cima mete-lhe uma ação trabalhista. Acabou! Antes tivessem liberado o cara para evitar o desgaste. Atenção! O jurídico do Atlético está sempre perdendo as ações contra jogadores, observem. Essa é mais uma.

O fato é que esse início que parecia promissor aos olhos dos apaixonados, está virando um pesadêlo, já que o que restou são os Rodrigões e Michels da vida, prontos para nos encher de tristeza. Aliás começamos “muito bem” contra o time de várzea do Corinthians alagoano, que é pobre até dizer chega.

E o Ney Franco tem a cara de pau de discursar pregando otimismo. É mais um parceiro de diretoria mundo afora.O homem do amém.

Dentro do seu padrão habitual, o Atlético volta à normalidade, ao correiqueiro: É só vitrine chamando os clientes para sua parca e pobre mercadoria.

Façam o preço, senhores!

Tome ilusão torcida.Já bastam as doze partidas invictas. Pra que mais? Títulos? o que é isso?



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…