O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
8 mar 2008 - 20h16

Não se preocupem: vai piorar!

Saí da Baixada mais do que triste, infeliz na verdade.

Isso, por uma vez mais constatar o que há muitos anos já havia percebido: os reais interesses de um certo dirigente não era tornar o Atlético forte, mas sim, criar uma fábrica de jogadores a atender seus interesses próprios!

Ora, a política de criar um maravilhoso CT, trazer e revelar jogadores jovens e desconhecidos que muitas vezes sequer chegam a jogar pelo Atlético é apenas parte essencial do “balcão de negócios” em que o clube se transformou nos últimos anos. E, obviamente, quem paga o preço somos nós, na medida em que se pensa apenas em faturar em detrimento do time de futebol – até o nome do estádio venderam -, no entanto, nada disso é revertido na qualificação do elenco!

Assim, pergunto: como podemos ter a pretensão de sermos grandes se não investimos absolutamente nada em jogadores quaificados para formamos um elenco competente?

Acredito que time de futebol vive de futebol. O resto é balela! Ninguém quer ter a maior piscina. O torcedor quer ter orgulho é de seu time. Ser campeão!

Todo ano é a mesma ladainha: o Atlético está voltado para a conquista da Copa do Brasil, o menor atalho para retornar à libertadores. Com o devido respeito, mas acho que precisamos de um espelho bem grande para enxergarmos a nossa realidade!

E ainda tem gente que acredita…

Para finalizar esse modesto desabafo, gostaria de parabenizar o colunista desta casa Juarez Villela Filho pelo seu artigo. Expressa na essência, diga-se, de maneira bem mais competente que aqui, tudo aquilo que penso e gostaria de dizer a respeito do que se tornou o nosso Atlético: um balcão de negócios com uma prateleira de jogadores aberta a negócios 24 horas por dia. É só pagar.

Aliás, é o único time que ao invés de se reforçar antes de uma competição vende todos os que pode e não contrata ninguém, ao menos que valha citar, sendo que o Danilo continua aqui e temos que aguentar simplesmente porque não conseguem vendê-lo.

E ainda têm a audácia de dizer que vai entrar para conquistar o título…é brincadeira!

Ou seja, se continuar a atual política a coisa vai piorar muito. Menos para aquele que conseguiu afastar todos aqueles que sempre ajudaram o Atlético. É pagar pra ver!



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…