O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
8 mar 2008 - 20h32

Polêmica, fatos e opiniões

Concordo com ambas as partes nessa nova polêmica envolvendo os dirigentes, jogadores e torcida do CAP.

Venda de jogadores

Acredito que não possa ser feito quase nada a respeito desse assunto, nos dias atuais e com os contratos já assinados. Como mencionei em alguns comentários anteriores, não tem como segurar um jogador que irá receber cerca de R$120 mil mensais de salário, ou segurar um outro que receberá ao final de seu contrato de 2 anos, cerca de R$ 2 milhões. O meu ponto de vista se baseia na seguinte proposta: vendeu, repõe.

Ahhh… mas o mercado esta saturado, não tem jogadores de nível técnico alto a preço baixo. Então quando assinar um contrato com um jogador elaborem multas com valores exorbitantes. Assim o jogador só sairá quando surgirem propostas milionárias como as que Ferreira e Claiton receberam, e com o dinheiro da multa, poderá sim, contratar jogadores de qualidade em tempo hábil de repor e não deixar a produção da equipe cair.

Resumindo, concordo que tem que haver a venda dos jogadores, mas desde que haja a reposição por um outro jogador de qualidade, e não ficar buscando no banco de reservas ou nas categorias de base.

Desculpas?

Não posso aceitar as desculpas do treinador Ney Franco. Ele não precisa e nem deve pedir desculpas. Na verdade, quem deveria pedir desculpas ao próprio treinador e à torcida é a diretoria. Uma vez que uma das condições para que o treinador permanecesse trabalhando no clube era que fosse mantida a base da equipe que encerrou a temporada ano passado. E é fato: com a mesma equipe do ano passado conseguimos atingir as metas estabelecidas: Classificação antecipada para a próxima fase no campeonato estadual de forma invicta, éramos uma das equipas mais cotadas a conquistar a Copa do Brasil, porém ao se desfazer de seus principais jogadores, os resultados já foram sentidos no próprio certame estadual, quando empatamos com o J. Malucelli, não desmerecendo a equipe do Jotinha.

Plano de sócios

Concordo que um clube de grande porte como é o CAP, nos dias atuais precisa de muitas fontes de renda, sejam elas cotas das tvs, patrocínios, rendas de jogos, venda de jogadores, enfim são inúmeras as necessidades para sobreviver. Uma questão foi levantada em relação à adesão ao plano de sócios. Hoje se o CAP tiver uma carteira de associados girando em torno de 20.000 torcedores, a receita mensal será de aproximadamente R$1 milhão de reais. Esta é uma das melhores formas de um clube receber investimentos.

Porém, a diretoria não pode esquecer que o torcedor é emotivo. Suas decisões são baseadas no sentimento de momento do torcedor. Quando o CAP reformulou os valores da adesão de sócios, os valores não foram totalmente voltados pra “massa” atleticana, uma vez que você desembolsar R$50,00 por mês não é pra qualquer um, mas ainda assim, formaram filas e mais filas para a adesão, uma vez que o clube estava fazendo uma excelente campanha, invicto no campeonato paranaense, invicto jogando na Arena e a estimativa inicial era de aproximadamente 10 mil sócios. Pois é, e hoje? hoje volta ao ar a adesão de sócios, mas pelos últimos acontecimentos se o clube alcançar a marca de 5 mil sócios inscritos será outro feito histórico.

Quer um exemplo mais prático: o que era o CAP antes de 1995? Era um clube mediano, tropeçando em suas próprias pernas, não tinha reconhecimento nacional e internacional.

O que fez o CAP estourar no mundo do futebol nesses últimos anos? Conquistas!

1995
Campeonato Brasileiro da Série B

1998
Campeonato Paranaense e Copa Paraná

1999
Seletiva para a Libertadores

2000
Campeonato Paranaense

2001
Campeonato Paranaense e Campeonato Brasileiro

2002
Campeonato Paranaense

2003
Copa Sesquicentenário

2005
Campeonato Paranaense

Sem contar suas 3 participações na Copa Libertadores da América, uma delas sendo vice-campeão diante do São Paulo e de toda a máfia do futebol e imprensa nacional. Suas 2 participações na Copa Sul-Americana, a construção do estádio mais moderno da América Latina.

Essas razões fizeram do CAP um clube de respeito em âmbito nacional, fez com que uma massa muito grande de torcedores acompanhasse o clube, tornando o clube com a maior torcida no estado do Paraná e na capital. São fatos.

Então eu acho que o clube já tem a estrutura necessária. está na hora de pensar no futebol. sem conquistas, não tem torcida, não tem patrocínio forte, não tem mídia, não tem repercussão, não tem nada!



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…