O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
9 mar 2008 - 11h16

Fómula mágica para os pernas de pau aprederem a jogar futebol

Muitas vezes tento relaxar e esquecer do vexame pelo qual passamos, mas acabo ficando perturbado e inconformado com a política socada garganta abaixo pelo tal fulano, fico transtornado ao ver a grande quantidade de jogadores que passaram pelo Atlético e hoje fazem sucesso em vários clubes brasileiros.

Muitas vezes o assunto fica massante, mas não como fugir dele, vejo agora o exemplo dos ervilhas, infelizmente eles possuem um bom camisa 10 e ainda estão trazendo um outro por um milhão de reais, enquanto isso temos aguentar o tal do Irênio, o qual foi dispensado pelo Vera Cruz do México. Meu amigo, um jogador que sempre foi mediano, isso quando tinha 20 anos, imaginem agora, fico puto da cara, pois para que serve o melhor CT do mundo, não aparece ninguém como revelação, cadê nossos olheiros, não existem mais, ou com todo respeito, nada de preconceito, longe disso, mas será que nosso olheiro é o excelente comediante Geraldo Magela? Mesmos antes da saída do Ferreira e do Claiton nos já precisavamos de reforços, e sempre houvia do Ney Franco, temos um time muito qualificado, pronto para disputar todas as competições nacionais com condições de ganharmos.

Eu sempre me perguntava, será que estou sendo pessimista demais, pois não vejo qualidade neste time, salvo quatro ou cinco atletas, o resto não serviria nem para reserva.

Como atleticano, não aceito as desculpas do técnico, pois o mesmo é conivente e pau mandado, seus discursos sempre foram incompatíves com o time, agora todos falam precisamos trabalhar muito para melhorarmos, ganharmos motivação e confiança, também falam precisamos voltar a termos a confiança da torcida e isso só se consegue trabalhando duro.

Meus amigos um exemplo, se precisa contruir uma casa em tempo recorde e bem feita, isto é possível, pois você pode pagar horas extras aos trabalhadores, pode motivá-los coma algumas premiações, mas caro colegas visitantes e participantes deste belo espaço atleticano, alguém de voces com sanidade mental saudável, acredita que é possível só com “trabalho duro”, fazer com que tais pernas de pau, como Michel, Alan Bahia, Nei, Danilo, Irênio, Pedro Oldoni, Bambu, Piauí, Netinho, Willian e tantos outros, aliás, com excessão do Vinicus, Rhodolfo, Antônio Carlos, Valencia e talvez Marcelo Ramos, alguém acredita que esses nomes acima em primeiro plano, irão aprender a jogar futebol, apenas com “trabalho duro” esses cabeças de bagres irão apresentar um futebol diferente, com técnica habilidade, criatividade algo qual eles não possuem.

Parem com esta ladainha, Ney Franco e diretoria, parem de jogar dinheiro fora com estes jogadores medíocres. Nos dias atuais, trabalhadores não qualificados e incompententes são exclusos, e rejeitado pelo mercado de trabalho. Diretoria sejam competente pelo menos uma vez no departamento de futebol do Atlético, contratem, gastem em bons jogadores, mesmos porque o dinheiro é do clube, voces não irão fazer favor montando um bom time, acabem com esta prepotência, esta soberba, com este pensamento equivocado, qual se acham donos do clube, pois o clube é dos atleticanos, não é uma empresa particular como pensam, e agem como se fosse nossos patrões, parem de falar em patrimônio, parem de falar em CT que só serve para proporcionar regalias a um bando de pernas de pau, pois não revelam ninguém mesmos, contratem, contratem, quero títulos, quero o Furacão respeitado por ser grande e não por ser uma empresa lucrativa.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…