O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
11 mar 2008 - 10h11

Além de sócio, seja um fanático

Antes de mais nada, gostaria de salientar que o Furacão só foi vitorioso quando seu principal jogador entrava em campo.

Este jogador não era o Alex Mineiro, nem Marcão, nem o Lima, nem o Claiton e nem o Ferreira, nem o Geninho, entre outros.

Ele era simplesmente alguém sem nenhum talento em campo,alguém que não ganha nada com a compra e venda de seu passe; alguém que não utiliza a modernidade do CT; alguém que não se vende a nenhum outro clube e não ganha salário milionário para fazer mau seu único ofício.

Sua camiseta tem sempre o mesmo número, o 12.

Nós sempre fomos o fator decisivo em campo. Sempre fomos o motivo de maior medo dos outros times. Jogar na arena é difícil para o rival não pelo time que o atlético apresenta mas pela pressão da torcida da casa.

O atlético devia nos pagar pela nossa presença pois nós é que revelamos e incentivamos os jogadores.

Tanto no brasileirão quanto na libertadores nós fizemos a diferença. Em nenhum desses campeonatos o atlético apresentava um time decente e mesmo assim realizávamos boas campanhas.

Mas e com este time? será que não somos milagreiros?

Talvez não mas então porque posamos de profetas? “Façam o que eu digo mas não façam o que eu faço”. Todos querem jogadores melhores mas não vejo a torcidores melhores.

Pagar o sócio furacão todos já pagam mas é necessário algo a mais no estádio. Falta a persistência em torcer e amar o emblema. Falta barulho, falta pressão, falta a diferença, falta não ir embora minutos antes do apito final, falta a esperança e a raça que nós mesmos exigimos do jogadores.

Da próxima vez que forem à Arena não assistam ao jogo mas participem dele.

Além do mais associem-se a Fanáticos, além de barato é mais uma maneira de fazer a diferença.

O Furacão sempre foi reflexo de sua torcida e não de sua diretoria.

Aposto que ninguém passou a amar mais o Atlético depois de 1995. Este amor já era infinito e continua o mesmo.

Avante e sentando a pua!



Últimas Notícias

Sul-Americana

Tá ruim mas tá bom

Pela repescagem (ou playoff) da Sul-Americana, no Paraguai, Cerro Porteño 1 x 1 Athletico. No segundo jogo de Martin Varini no comando técnico do Athletico,…