O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
12 mar 2008 - 21h39

21 de Agosto 2007

21 de Agosto 2007.

Sinto que dormi nesta data e acordei de um sonho.

Um sonho de que tinha um time competitivo, capaz de brigar por títulos e fazer frente a qualquer time brasileiro sem se amedrontar perante as dificuldades.

Porém acordei deste sonho, na mesma realidade de quando dormi.

Um Atlético onde presidentes e diretores se manifestam contra os torcedores, um time sem motivação e consistência, que não faz frente a time algum, nem dentro tão pouco fora da Kyocera Arena.

Na época havia uma única esperança, como hoje nos resta. Ney Franco, jovem técnico de boa índole, com boas referências e com um futuro muito próspero.

Será que durante todo este tempo, tudo que foi feito não surtiu efeito? Ou será que nada foi feito?

Tenho pena deste tal Ney. Tenho pena pois foi traido por que menos esperava, seus superiores, os quais estabelecem planos e metas que até mesmo eles duvidam. Tanto duvidam que se desfazem de peças importantes do seu planejamento.

Ney Franco. Garanto que ele sim tinha planos para este time, que em meu sonho chegou até a bater recordes dos furacões do passado, mais dificilmente os verá concretizados. Digo isto porque para seus comandantes, ele é apenas mais um técnico que está no clube de passagem e que como tantos outros (Mario Sérgio é perito nisso), em um breve período de falta de vitórias, deixará o clube vaiado injustamente.

Não devemos exigir nada de Ney Franco, pois foi brilhante, tirou leite de pedra. Porém nem as pedras restaram. Ficamos com um punhado de poeira, um resto de um time que um dia foi grande.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…