O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
12 mar 2008 - 11h43

E agora, Furacão?

Quando passo os olhos pela janela do tempo, volto para os anos 70, para alguns, conhecidos como da ditadura, para mim, um jovem de 10 anos, eram os anos de Curitiba. Bem, sem divagar muito, mas já o fazendo, retorno aos meus tempos de Joaquim Américo, Ferroviário, Belfort Duarte, Boca Maldita, Rua das Flores, bem e eu um atleticano iniciante e também meio solitário, vez que, a maioria dos meus amigos ou eram do Ferroviário ou do “Coxa”, e eu teimosamente atleticano, com direito a camisa com linhas horizontais, que depois vim a perceber que eram semelhantes ao do time do Rio de Janeiro. Bem, mas não era sobre isso que queria falar, mas sim o da minha persistência como torcedor, assisti durante anos o japonês da padaria pregar na parede desta o pôster da Tribuna do Paraná, onde o Coritiba tinha sido campeão, assim foram basicamente todos os anos da década de 70, mas eu não desistia, não sei se pelo espírito infantil de persistência ou por acreditar que um dia eu gritaria que o meu time seria campeão, e eu compraria a Tribuna do Paraná; primeiro mostraria para o japonês da padaria e depois pregaria no meu quarto como um troféu, igual aquele que o japonês insistia em todo ano em colocar na parede do seu local de trabalho. Bem os anos foram passando, o meu amigo japonês foi embora com a sua padaria e eu ainda atleticano apesar de não ter realizado o meu desejo de campeão. Por volta de 82, o Atlético da minha geração conquistou o primeiro título que eu acompanhei, puxa vida, fiquei muito feliz, senti falta do japonês, mas não para zoá-lo, mas sim para compartilhar com ele a alegria que tantas vezes ele compartilhou comigo por seu time ganhar, isso é sonho, quem vai comemorar um título do seu arqui-rival, deixem para lá. Os anos se passaram, assisti vários títulos do Atlético, e também muitas decepções, aliás eu não sei porque a gente teima em lembrar com detalhes das decepções, bem eu lembro delas e com muita clareza. Libertadores da América, a primeira participação, desclassificado em casa, Copa do Brasil, desclassificado em casa (Volta Redonda), e Brasileiro desclassificado pelo Vasco, ou pelo Atlético mesmo! E por fim nessa gloriosa trajetória de desclassificações para si mesmo o Corinthians Alagoano. Acorda, Atlético, a Arena da Baixada é sua casa, acorda, jogador do Atlético, sue esta camisa, nós torcedores perdemos com as desclassificações, agora tenham em mente vocês é que perderam muito mais. E agora Furacão, vem o Brasileiro, onde eu moro hoje não tem a Tribuna do Paraná, para que eu compre o exemplar com o pôster de campeão brasileiro de 2008, mas esse não é o problema, para mim, o mais importante é que vocês jogadores não se envergonhem do que fizerem dentro de campo, suem a camisa, e eu ficarei contente.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…