O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
16 mar 2008 - 22h17

Líder para liderar

Sei que o título ficou um tanto estranho, mas é que na verdade ficaria melhor se fosse ‘Elenco necessita de um líder, para que o time retome o caminho das vitórias e reconquiste a liderança dos campeonatos em disputa pelo Furacão’, porém ficaria muito grande, mais uma resenha do que um título propriamente dito.

E o que eu quero dizer com isso? Relembrando: Era uma vez, um time chamado Clube Atlético Paranaense, que no biênio 2006/07 ficou sem títulos, e sem mostrar um futebol que convencesse o seu torcedor, salvo alguns lampejos, como na Copa Sul-Americana de 2006. Eis que mais ou menos em junho ou julho de 2007 chega ao Atlético o meia Claiton, vindo do Flamengo. Conforme o próprio volante afirmou meses depois, ele chegou aqui e encontrou um time desmotivado, que perdia com facilidade, até mesmo dentro da Arena.

Mas com o seu ar de liderança, aliada com a chegada do técnico Ney Franco e futuramente com a bracadeira de capitão, o time se uniu, conseguiu mostrar um bom futebol na reta final do Brasileirão e, de quase rebaixado, conseguiu uma vaga da Sul-Americana e quase que chegou em uma possível Libertadores.

Começou 2008, o time seguiu unido, embalado e liderado por Claiton. Bateu o recorde de 1949, chegando a 12 vitórias seguidas no estadual. Mas aí vieram os japoneses, com um saco de dinheiro, e levou Claiton embora. E o Atlético retomou o caminho que havia deixado de lado na metade de 2007: um time sem motivação, sem união, sem liderança.

Não estou aqui para lamentar a saída do Claiton, que tecnicamente não me agradava, desde seus tempos de Internacional, Santos, Flamengo entre outros times pelo qual o gaúcho passou. O que lamento é a falta de um líder nato no grupo, um aglutinador, um paizão diante da molecada Rubro-negra.

Agora o que será do Campeonato Paranaense e de todo o restante de 2008? Espero que não tenha o mesmo final infeliz do biênio 2006/07.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Tá ruim mas tá bom

Pela repescagem (ou playoff) da Sul-Americana, no Paraguai, Cerro Porteño 1 x 1 Athletico. No segundo jogo de Martin Varini no comando técnico do Athletico,…