O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
24 mar 2008 - 9h12

Renasce a esperança

Não sei quantos éramos, em Irati. Talvez uns 1.500 abnegados atleticanos, daqueles que não desistem nunca.

Pegamos sol forte na cara, depois chuva no lombo, depois ganhamos um sorriso de orelha a orelha, com a vitória, contra aquela parada dura.

Podíamos ter feito quatro ou cinco gols, mas ficamos só no 1 a 0, suado mas não sofrido.

Jogamos muito melhor do que nas últimas quatro partidas.

Ganhamos alma, de novo – apesar das dimensões do gramado, do sol forte e, depois, da chuva.

Jogamos bem, com a força da nossa defesa, onde se destacaram o Danilo e o Nei (que se tiver quem vá jogar com ele pela direita vai arrebentar).

No meio, a força da juventude do Gariel Pimba, que correu muito, jogou muito, deu o passe do gol do Alan Bahia e ainda colocou o Irênio cara-a-cara com o goleiro do azulão, que tocou na bola e evitou o segundo gol rubro-nego.

Pimba deu nova alma ao meio-de-campo, bem policiado pelo Alan e pelo Valencia. Netinho ficou devendo.

Podíamos ter feito mais gols, com o Danilo, com o Netinho, com o Marcelo Ramos e com o Irênio…

E fomos raramente ameaçados pelo Iraty.

Jogamos muito melhor, mas vamos melhorar mais, com mais entrosamento – e calma.

Teremos reforços, mas ainda acho que o Netinho rende mais como ala.
Com ele na esquerda e o Nei na direita, ganhamos jogadas pelas duas pontas, se enconstarem neles para jogar o Pimba e o Willian…sei ele só entrou no fim, mas fez falta.

Talvez fosse o caso de poupar o Piauí…para ter um time com mais ataque.

O Marcelo Ramos não pode continuar jogando só, entre dois zagueiros.

O importante é que o Atlético reencontrou a vitória e um bom futebol.

Renasceu no campeonato, pela força dos seus jogadores, da sua torcida, e pela capacidade do seu técnico.

Renascemos na Páscoa…já vi este filme antes. Amém!



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…