O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
1 abr 2008 - 18h31

Brasileiro

Ontem peguei a tabela do Brasileiro para me programar com os jogos do meio de semana e aí resolvi fazer um pré brasileiro e cheguei a conclusão que o Furacão poderá chegar aos 64 pontos. Contando com vitórias em todos os jogos em casa e arrancando alguns poucos empates fora….

Peguei a tabela do ano passado e com 64 pontos seríamos vice campeões….
Outro fato curioso é que o Santos (vice campeão) perdeu 14 jogos e o Atlético (12°) perdeu 12 jogos a diferença está no n° de vitórias ou melhor, no n° de empates. O Santos empatou 5 e nós 12 jogos. Chegamos, comprovadamente, a conclusão de que jogar pra ganhar em pontos corridos não se importando em empatar, arriscando sempre pra tentar ganhar é o que vale.
Agora pergunto:

Se em pontos corridos é necessário sempe jogar pra frente pra ganhar. Como vamos fazer isso tento como técnico o Ney Franco ?
Nosso treinador está dando mostras de que ele confia muito em volantes e atacantes que não tem faro de gol. Mostra que gosta do futebol apresentado até agora pelo Piauí chegando ao ponto de pedir para o ala direito Nei ‘ficar mais’ no segundo tempo para proteger a defesa.

Se preocupa primeiro em não perder. No brasileiro isso não pode, primeiro deve-se pensar em ganhar. Se não der aí tentamos o empate.
Não estou pedindo pra ele sair do comando apenas fiz um ensaio mental de como poderá ser nosso brasileiro e cheguei a conclusão que o time precisa (contando com os jogadores que estão no elenco) de Marcelo Ramos e Pedro Oldoni no ataque. Time seria o seguinte:

Vinícius, Rodolfo, Antônio Carlos e Danilo. Nei, Valencia, Alan Bahia e Netinho. Pimba, Pedro Oldoni e Marcelo Ramos.



Últimas Notícias

Opinião

Se fosse simples….

…qualquer um faria! Hoje, com o advento maciço da internet, todo mundo é chef, todo mundo é coaching, todo mundo é tudo! Basta ver uma…