O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
10 abr 2008 - 15h13

A polêmica dos aluguéis no borderô

Talvez tenha passado despercebido por alguns, porém acessando ontem o site oficial li a coluna da Luciana Pombo, rebatendo uma coluna de um frustrado torcedor do time da galinha azul que bancando o 007 super espião, fez uma investigação e constatou que nos borderôs dos jogos na Arena há um campo que diz “aluguel de campo” e que todos são preenchidos com uma certa quantia que varia conforme o público do jogo e se gaba de verificar que os jogos no puxadinho está mesma taxa é isenta, e no seu brilhante raciocínio o estádio atleticano não é do Atlético é do Petraglia e ele nos cobra um aluguel que não é mensal e sim por jogo e o valor varia conforme o público pagante quanto maior for a renda maior é o valor do dito “aluguel”.

Pois bem, após ler a coluna da Luciana e a coluna do coitadinho torcedor do savoya, que por sinal só tem pérolas, até recomendo para quem quiser dar umas boas gargalhas é só ir e acessar o site dos galinha azuis e conferir a grande coluna do tal de Schumacher postada no dia 02/04, decidi se informar a respeito, acessei o site da federação e da CBF e olhei os borderôs dos jogos e vi que de fato o que o hilariante torcedor do time da Kombi descrevia era verdade, nos jogos do Atlético havia a famigerada cobrança de “aluguel de campo” e nos borderôs do timeco das diversas vila o pagamento estava isento, putz f…. O estádio não é nosso, temos que pagar para jogar e agora???

Que besteira, indo mais a fundo olhei os borderôs de outros times que mandaram jogos do campeonato brasileiro de 2007 tais como São Paulo, Palmeiras, Grêmio, Internacional, Santos, Figueirense, Atlético-MG, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Botafogo etc e vi que estes clubes também pagam está famigerada taxa de “aluguel de campo” ora ora agora lhes pergunto amigos? o São Paulo não é dono do Morumbi?, o Palmeiras não é dono do Parque Antártica, o Grêmio do Olímpico, o Inter do Beira-Rio, e assim por diante???

A resposta para estas todas indagações está no regimento geral de competições da CBF no art 62 diz o seguinte:

CAPÍTULO VII
DAS DISPOSIÇÕES FINANCEIRAS

Art. 62 – A renda bruta das partidas, após deduzidos os devidos tributos de ordem legal, dentre os quais se incluem os recolhimentos previdenciários em favor do INSS, sofrerá as seguintes deduções:
a) aluguel de campo;
b) despesas administrativas da federação local, necessariamente justificadas e comprovadas;
c) seguro de público pagante;
d) impostos e taxas locais;
e) despesas com pessoal a serviço do jogo (quadro móvel), devidamente justificada e comprovada;
f) taxa da FAAP – Federação das Associações de Atletas Profissionais, correspondente à 1% da renda bruta, que será recolhida pela federação que sediar a partida , nos termos da legislação em vigor, inclusive o Decreto nº 6.297, de 11/12/07;
g) taxa da federação local, correspondente à 5 % da renda bruta; h) custo dos materiais e despesas relativos ao exame anti-doping, o qual deverá ser pago ao responsável pela coleta, logo após a partida;
i) remuneração dos árbitros e de seus auxiliares, sob a responsabilidade da federação local, mediante dedução da renda bruta de cada partida, conforme tabela oficial da C.A., após os descontos legais;
j) despesas relativas à transporte, hospedagem e alimentação dos árbitros;
k) prêmio relativo ao Seguro de Vida e Acidentes Pessoais para os integrantes da arbitragem (árbitros, assistentes e reservas), cujo valor constará do REC.
§ 1º – O total das despesas identificadas de (a) até (e) não poderá ultrapassar 15 % da renda bruta.
§ 2º – O total das despesas identificadas nos itens de (a) até (g), não poderá ultrapassar 21 % da renda bruta.
3º – Nenhuma federação poderá reter, da cota de cada clube, quaisquer quantias que não sejam aquelas discriminadas no presente regulamento, inclusive quanto ao que dispõe o Artigo 64, ou aquelas determinadas por força de decisões judiciais, sob pena da federação ser obrigada a devolver em dobro a quantia retida, além dos seus acréscimos legais.
§ 4º – Qualquer despesa acima do permitido neste artigo e seus parágrafos será de responsabilidade exclusiva do clube que tiver o mando de campo, não podendo repassá-la ao clube visitante.
§ 5° – A CBF não participará da receita de quaisquer partidas das competições.
§ 6º – Despesas com médicos, enfermeiros e ambulâncias, para atender à Lei 10.671/03, poderão se enquadradas no item (b), das deduções previstas.

O que dá para entender é que as despesas do item A até o E não podem ultrapassar 15% da receita bruta e que de A até G não pode ultrapassar 21%, agora ficou fácil entender porque nossa despesa está descriminada e é recolhida todo jogo e porque o time da galinha azul tem a isenção, porque como eles não tem torcida não tem renda e se fosse para cobrar tudo que manda o regimento ultrapassaria estes limites impostos e o timeco da galinha azul que já é favelado, mora embaixo do viaduto morreria de fome e teria que fazer mais uma fusão para sobreviver…., e que olhando as rendas que o Atlético consegue a cada partida na arena, é suficiente para cumprir com todos os seus compromissos legais, já o timeco da kombi se não tiver a isenção, fica no vermelho e iria acabar extinto.

Não podemos dar ouvidos a estes coitadinhos que são invejosos e não tem o que fazer e fazem como o fake nello e tentam colocar noticias e coisas fantasiosas para tentar tumultuar nosso ambiente já que não conseguem fazer frente a nós, porque não damos a mínima para o que eles pensam, pois o time da galinha azul é o café com leite do estado, não apita é o mesmo que um J Malucelli, Adap Galo e etc, e volte meia quer tentar se equiparar a nós, quer fazer frente a nós quer mesmo que consideremos como um rival, quer que quanto jogarmos contra eles que seja considerado um clássico, clássico neste estado só tem um que é o Atletiba e rival nosso só tinha um que era o timeco verde e que já deixou de ser um rival a muito tempo, hoje nós rivais são os Bambis, o Flumirdense, o time da gayola das loucas do sul, etc.

Vamos nos preocupar com o que realmente é importante, se unirmos buscando um Atlético mais forte e vencedor, vamos se associar em massa ao sócio furacão, pois o nosso destino já está traçado é um futuro de grandes vitórias e conquistas, vamos em busca do que é nosso de direito, estarmos sempre entre os melhores do Brasil e das Américas.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…