O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
10 abr 2008 - 23h44

Cobrar pelas transmissões é justo

O Atlético Paranaense informou hoje que passará a cobrar direitos, sobre a transmissão de jogos, na Arena.

Não vou entrar no mérito dos valores apresentados.

Todavia, penso que a cobrança destes direitos é absolutamente justa e correta.

A TV já paga, há anos.

E as rádios também já pagam, há anos, quando vão transmitir a Copa do Mundo, ou outros torneios internacionais.

E pagam muito mais caro.

O Atlético tem o direito de cobrar porque é o promotor do espetáculo, que é um acontecimento de iniciativa privada.

Não é um espetáculo público.

Não adianta alguns jornalistas investirem, defendendo o direito de informação. Eles não o perderam – podem informar à vontade, mas para transmitis o espetáculo na íntegra terão que pagar (como as TVs já fazem).

É assim em muitos países, no futebol, no basquete, no golfe, no futebol americano,no tênis, na patinação no gelo, nas Olimpíadas, nas corridas de F1 e de outras categorias.

Quem promove o espetáculo, neste caso os times, tem todo o direito de cobrar pela sua transmissão.

Os cantores cobram por suas apresentações, assim como pelas transmissões dos seus shows.

Por que os times de futebol não podem e devem fazer o mesmo?

As rádios faturam com o espetáculo que não é delas, através das cotas de publicidade, patrocínio e merchandising. E isso é justo?

O Atlético paga milhões, por mês, para sustentar seu time e sua estrutura toda, para dar o espetáculo de graça para as rádios faturarem?

È claro que é justo cobrar.

Alguns vão espernear, mas vão pagar, sob pena de perderem suas audiências.

Já pagam para a FIFA e para a Sulamericana, por exemplo. Agora terão de pagar ao Atlético, que, como sempre ousa e inova.

Imaginem se o Carreras, ou o Aznavour, para citar dois exemplos, permitiriam
que os seus shows em Curitiba fossem transmitidos ao vivo, pelas rádios ou TVs! Evidente que não.

O Atlético, como dono da Arena e do espetáculo no seu estádio, tem, da mesma forma, o direito de cobrar.

Oferece, além do jogo, instalações confortáveis e seguras, serviços e estrutura.

Não há motivo para ceder o espetáculo de graça, pois para realizá-lo muito dinheiro foi investido ao longo do tempo.

Com isso, o Atlético inova e cria uma nova fonte de receita para o clube.
Iniciativa corajosa. E justa.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…