O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
12 abr 2008 - 11h34

Rádio aumenta a minha paixão

O estilo de administração proposta pela diretoria, no qual aproxima o clube de uma empresa é espetacular. Transformou o Atlético em um clube de ponta, moderno e com perspectiva. Não somos mais aquele clube que lutava tão somente para não ser rebaixado e, além de títulos, disputamos ser uma das sedes da Copa do Mundo.

Porém, o estilo ‘empresa’ do Paranaense, por vezes, é levado ao extremo. O fato de vender os direitos de reprodução de suas imagens é válido, em virtude do montante que é arrecadado pelas empresas televisivas e pelo aumento de arrecadação aos cofres do clube, mas devemos diferenciar o que é arrecadação e investimento.

Em minha empresa, boa parte da arrecadação com vendas de mercadorias é revertida ao patrocínio de programas de rádio, os quais alcançam o mais longíquo rincão do município onde a empresa atua.

Vejam bem, vendo produtos que proporcionam minha arrecadação, e invisto em programas de rádio para que meu cliente saiba que existo, mesmo estando ele a quilômetros de distância. Isso é investimento.

Era adolescente do interior do estado quando a diretoria lançou a campanha ‘Atlético Total’, visando o aumento de torcedores. Ela chegou a minha cidade e colei adesivos até na porta do meu guarda-roupas!

Neste sentido, a diretoria deve observar e diferenciar os meios de arrecadação e de divulgação da marca. Cobrar das empresas de rádio diminuiria a difusão do nome ‘Clube Atlético Paranaense’, principalmente no interior do estado (resido em Laranjeiras do Sul), onde clubes paulistas e cariocas dominam a preferência local. Deixar as empresas radiodifusoras transmitir os jogos é um investimento, pois cria e aproxima os torcedores ao clube, o que proporciona uma maior arrecadação no futuro.

Hoje somente sou atleticano porque conheci o furacão. Não fui atrás do Atlético, ele veio aqui através da televisão e mantenho minha paixão ligado no rádio. Compro camisas oficiais, sou sócio-furacão e vou ao estádio. Meu pai, meu irmão e minha irmã – ambos interioranos – também.

Rádio nos aproxima do clube.

Rádio aumenta a paixão.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…