O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
18 abr 2008 - 17h58

Baboseira é pouco

Estou com meus ouvidos cheio de sujeira depois de ouvir tamanha baboseira em apenas vinte minutos de transmissão de uma rádio. Tamanhas as profanidades que se pronunciaram, escondidas atrás de pessoas que demonstram inteligência e tentam ludibriar os seus ouvintes com sua boa fala, manipulando-os como marionetes.

O rádio tem função de informar, trazer informações que colidam com a verdade. O que realmente me intriga a forma como a parcialidade impera e torna uma decisão provisória na mais acreditável verdade que há, colocando o Clube Atlético Paranaense como o derrotado e ainda dizendo que ter feito isso pelos ouvintes. Fazendo os ouvintes levarem para casa seus devaneios e rancores pessoais se profanando contra o nosso clube. Além da grandiosa propaganda do “famosíssimo” e “conceituado” escritório de advocacia.

Alguns radialistas chegam ao cúmulo de dizer que atleticanos se indignaram com tal decisão e que apoiaram a rádio nesta “formidável” iniciativa. No calor de uma notícia muitas coisas podem ser ditas, mas ao se fazer uma análise bem imparcial desta situação, qualquer pessoa pode enxergar a razão do clube. E jamais se pronunciaria contrário a esta decisão.

O clube tem tanta razão, que a tentativa de inverter os papéis, como se quem tivesse o dever de pagar à rádio pela “propaganda” seria a entidade Clube Atlético Paranaense pode ser taxada de escrota. Mas pelo que me lembro, não é o clube que usa a tal rádio e sim o contrário. Com intuito de “transmitir informação” e muitos minutos de propaganda que rendem dinheiro às rádios.

Ouvintes, Torcedores do CAP, temos que ter inteligência sufiente neste momento. Precisamos sim valorizar o nosso bem maior, que não são as rádios. Precisamos fomentar em nossos irmão atleticanos o desejo de lutar pelos interesses de nosso clube. O que me importa a rádio X ou Y. Me importa ter um Atlético forte, com uma marca grande e cada vez mais respeitada.

Torço para que o bom senso de nossa justiça seja aplicada e que o óbvio seja decidido, é de suma importância todos os clubes este acontecimento e deveria estar sendo apoiado pelo menos pelos que tem autonomia.

Vamos incentivar o nosso clube, e o boicote se transforma em algo eminente, vamos em frente para nos afastarmos mais dos times verdes.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…