O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
22 abr 2008 - 12h05

Muito medo!

É incrível a capacidade do Atlético nesses ultimos três anos em se suplantar na montagem de elencos medíocres e na contratação de técnicos apenas simpáticos ou ultrapassados. Está na cara o fiasco que esse time vai fazer no brasileirão. Mesmo o fraquíssimo paranaense pode ir pras cucuias, pelo que se observou nos ultimos jogos do rubro-negro. Quem tem no gol um goleirinho mequetrefe como o Vinicius,sem quaquer experiência e sem nenhuma liderança, traço fundamental para se começar um time, já começa perdendo. Alas inexistentes, meio de campo com um Irênio absolutamente aposentado e um boleiro embrutecido como Alan Bahia, tem mesmo de amargar derrotas. Agora, pelo amor de Deus mandem esse Marcelo Ramos embora. Esse cara já não era nada no Santa Cruz, pois em fim de carreira só almejava uns cobres a mais. Só mesmo essa diretoria incompetente para trazer um cara desses para comandar um ataque inútil, servido de jogadores cabeças-de-bagre. Agora para completar, temos esse comandante de araque chamado Ney Fraco (de propósito). Impressionante a tendência que essa diretoria tem de contratar caras da extirpe do Vadão. Esse Ney é o seu filhote, um pouco menso experiente é verdade, mas ele vai fazer mais lambanças ainda. Simpático, de bem com a vida, compositor de mais de 100 músicas, adora dar explicações ‘técnicas’ para as derrotas mais do que previsíveis, e pior, não sabe patavina de soluções práticas. Não é sequer motivador, porque transformar pernas-de-pau em guerreiros exige raro talento. Vejam o Palmeira nas mãos do Luxemburgo. É outro time depois do Caio. Ganhou dos Bambis com Adriano, Dagoberto e tudo, mostrando que dessa arte ele entende. O pior é que essa obsoleta, medíocre e acaboclada mídia de rádios de Curitiba, fica elogiando de propósito o cara sem nehum motivo para isso, pois o time joga mal faz tempo, desvirtuando sua avaliação sincera e prejudicando o furacão que vai com certeza mantê-lo no brasileiro influenciado por esses abutres que lhe desejam mal. Vejo de forma pessimista a final desse campeonatinho que já vai tarde e tomara Deus que esteja errado e o furacão detone os coxas que não são lá essas coisas também. Mas que tenho medo, isso lá eu tenho. No entento meu terror maior vai para o campeonato brasileiro, pois não quero ficar torcendo para não cair como vem acontecendo, agora está apenas pior que os anos anteriores e que pelo jeito é o que nos espera.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…