O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
27 abr 2008 - 20h39

Torcida campeã paranaense

As críticas deixarei pra alguns, o que fico intrigado é por qque ter o Michel no time, será que ela já não deu provas suficientes que não pode vestir nossa camisa?

Daí me pergunto o porquê não temos criação de jogada, não posso dizer que abdicamos do ataque, querer atacar ate que queríamos, porém, não temos um jogador que arme, o Marcelo Ramos infelizmente é um jogador a menos.

A nossa única chance agora é nossa amada torcida, só ela pode reverter este resultado.

Nosso time não tem criação e nem definição, sabemos o quanto nosso furacão é carente nas laterais criação e ataque, mas juro que achei que por ser uma final, entraríamos em campo com mais vontade.

Agora seja o que Deus quiser.

Independente de qualquer resultado no próximo domingo, fica explícita a necessidade de contratações.

Ainda acredito, Furacão.

Só a torcida e a raça nos darão este título.

Ps. uma coisa engraçada é a a bateria dos ervilhas, mais parece uma escola de samba, que ridículo, sem falar naquelas batidas de funk, acho que são biotipos cariocas, sem falar que ficaram pedindo créu o jogo inteiro. Chacota, torcida dos verdes é chacota.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…