O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
29 abr 2008 - 13h07

Calma

Os primeiros ecos da torcida atleticana após o clássico estão me preocupando.

É muito difícil perder um clássico para o maior rival. Ainda mais sabendo que o time deles não é lá essas coisas.

Agora, penso que atirar pedras em nosso treinador seria um gesto catastrófico e pouco inteligente.

O mercado não tem ninguém melhor que Ney Franco, e lembrem-se que o clube tem uma filosofia de não trazer treinadores que recebem altos salários.

Semanas atrás o Grêmio foi desclassificado da Copa do Brasil e do Campeonato Gaúcho. Demitiram o técnico e levaram quem? Guilherme Macuglia. Agora pergunto: o que aconteceria se isso tivesse acontecido por aqui?

Admito que Ney Franco tem sido teimoso na escalação do time. Mas o que esperar de um time com a qualidade que nós temos? Alguém em sã consciência escalaria a equipe toda no ataque dentro da casa deles correndo um risco enorme de perder o Campeonato em apenas 1 jogo?

Se o time, jogando em um sistema defensivo tomou dois gols, imaginem como seria caso tivéssemos um treinador mais ousado.

Existem treinadores com fama de defensivos. Acredito que só adquiriram essa fama por comandarem times sem qualidade técnica; times sem poder ofensivo e recheados de volantes e zagueiros.

Esse é exatamente o caso do Clube Atlético Paranaense.

Ney Franco sabe que, com as peças que tem, primeiro precisa se garantir atrás para depois tentar alguma coisa na frente. Esqueçam a filosofia de contra ataque rápido que fez o Atlético conhecido nacionalmente. Não possuímos a algum tempo jogadores com essas características.

Existe uma chance de conquistar o campeonato. Será muito difícil pois as peças que temos precisarão suar muito para isso. A filosofia é defensiva, mas nesse momento temos que ousar pois precisamos de, no mínimo 2 gols.

Para suprir esse deficiência do time só existe uma solução: A TORCIDA.

É sabido que todo time que vem até nossa casa sofre uma pressão terrível. A torcida precisa e deve jogar para o time. Apoiar durante os 90 minutos. Tenho certeza absoluta que esse fator será determinante para o resultado do jogo.

Acreditemos. Mas, independentemente do resultado de domingo temos que ter calma, pois o futuro que realmente nos interessa é o do Campeonato Brasileiro. Se está ruim com Ney Franco, sem ele será muito pior.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…