O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
14 maio 2008 - 20h34

Ctrl-C e Ctrl-V

Caros atleticanos. Lendo uma mensagem nesse espaço, gostei e achei interessante tentar colaborar com o companheiro Gustavo, e assim como ele, não gastarei mais este precioso espaço falando de coisas menos significantes. Gostaria de reavivar-lhes a memória para fatos pitorescos. Peguemos apenas de 1995 para cá, ok? Sabiam vocês que nos computadores alvi-verdes, apenas é possível realizar duas funções? Sim, (Ctrl- c e Ctrl-v), ou seja, copiar e colar. Senão vejamos: Ctrl-C a idéia de fazer um CT, só que no Ctrl-V, saiu um CT penhorado, num banhado, com menos da metade de área do nosso, só conseguem abrigar delegações brasileiras não muito exigentes, há quem garanta ainda existir um serviço de fornecimento de detalhes sobre o Furacão para quem se hospeda lá, um tipo de manual de ‘como não perder dentro da ARENA’,enfim, um fiasco…; Ctrl-C filosofias e até palavras na época à moda, tipo: área multi-uso( e nem tinham), contratar jogadores semi-prontos, etc… . Quando o CAP rompeu parceria com o Juan Figger, quem foi procurá-lo , quem,quem,quem? Pois é, o Ctrl-V como sempre deu tilt, chegaram atrasados, pois o mercado já era outro, deixou de ser bom, mas enfim , Ctrl-C; Ctrl-C depois a maneira de venda de jogadores, obviamente que o Ctrl-V não poderia ser diferente, portanto, não vamos comentar valores, pois devemos respeito à todos ( bater em bêbado é sacanagem); Ctrl-C, pasmem, mesmo com o CT penhorado, a idéia de construir um hotel. Parece-me que a função Ctrl-V está emperrada…; Agora, o melhor presidente deles, pelo jeito não conseguindo torcer para o CAP,deve ter um desejo de operar esse teclado que é brincadeira. Quase cometeu suicídio por não conseguir construir um novo estádio, e de que formato? Ctrl-V- ARENA (e aquela palavrinha ainda: muti-uso). Como já disse,a função está emperrada, E como estava emperrada, não deu para Ctrl-C o Estádio, mas dá-se um jeito, pois a inveja e complexo de inferioridade não é pequena. Optou-se (bonito hein?) pela reforma (ou remendo falando mais realísticamente) do Esgouto Pereira (valeu Gustavo). Para dar um toque bi-í-to, jogou-se uma aquarela de tinta e que MARAVILHA! Mas ainda faltavam detalhes, que por sua vez, milagrosamente conseguiram ser realizadas com a função Ctrl-V: colocaram uma churrascaria dentro do dito cujo e na primeira edição, um protótipo de loja de artigos esportivos…. A torcida então nem se fala, é Ctrl-C e Ctrl-V em todas as músicas cantadas pelos estádios brasileiros, inclusive, nossa versão The Wall. Por último, utilizando Ctrl-C e Ctrl-V, foi a tentativa de plano sócio-ervilhas, na final do paranaense, mas o ctrl-V ainda estava emperrada. Deixando essas funções de lado, como é hilário acompanhar os ervilhas em relação à inveja. Deve ser a torcida de maior simpatia pelos clubes do Brasil. Sim, pois já torceram para o São Caetano, São Paulo, Santos, Vasco da Gama, Corínthians (os dois). Parece que o Clube já se tornou internacionalmente conhecido, já torceram para Chivas Guadalajara, Nacional de Montevidéo, River Plate e chegaram ao ponto de, mesmo antes de o CAP pedir, negarem o Esgouto Pereira na final de um torneio que os próprios só dão vexame, enfim, tenhamos piedade dos pobres… Para encerrar, sejamos indulgentes, coloquemo-nos no lugar dos ervilhas. Pensem que torcemos para um clube com quase 100 anos de existência, e que ainda não possui e nem possuiu um hino oficial decente. Juntando todos, não sai um que sirva sequer para música de ninar (teríamos pesadelos). Isso é o retrato deles, um hino, uma torcida, um clube que não empolga. Mas sejamos caridosos, deixo aqui, duas opções: adotar a música (É devagar, devagarinho) e o cantor Martinho da Vila, como hino e autor oficial do Clube(é a que melhor retrata a história deles), ou uma alteração da letra de um deles para: de norte à sul está brilhando a bicha louca, o Coritiba é a bicha do povo, Oh-Oh! Plumoso, como é bom te ver, dando o … de novo! Assim sendo, ao encontrar com coxas-brancas e ser molestado, não reaja, faça cara de que está dando importância à eles, parabenize-os e siga a vida, pois são recomendações de psiquiatras altamente qualificados, e que estão contidas no livro “ como conviver com seres primitivos”.



Últimas Notícias

Brasileiro

Desastre aéreo no Maracanã

O Athletico foi massacrado pelo Flamengo, que impôs 5 a 0, ao natural, nesse domingo(14), diante de 62 mil pessoas, no Maracanã, pela 22ª rodada…