O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
19 maio 2008 - 10h42

Para refletir

Acredito que está chegando o momento da diretoria pensar na possibilidade da troca de comando técnico no Furacão.

Time sem padrão de jogo e em certos momentos da partida parece totalmente perdido em campo. Retirando-se daí a zaga que mesmo desfalcada teve um bom rendimento, alguns jogadores ficaram abaixo da crítica.

Ney Franco me parece ser daqueles técnicos estilo Vadão. Ontem depois do gol, ao invés do time partir pra cima e tentar ampliar o marcador, inexplicavelmente recuou dando espaços ao São Paulo para que criasse jogadas. Inclusive o Nei, que para mim tem sido o melhor jogador do Atlético disparado, recuou e as jogadas pela direita se tornaram raras.

Pedro Oldoni péssimo em campo. O homem apanha da bola, não consegue fazer uma jogada que crie um lance de gol. E o pior, parece que o Ney Franco não vê, ou não que ver. Teimosamente espera 20,30 minutos do segundo tempo para efetuar uma substituição.

Foi visível a melhora do time quando colocou Rogerinho em campo. Jogador de futebol alegre, rápido e habilidoso está sendo queimado no banco de reservas. Tinha que ter no mínimo entrado já no início do segundo tempo. Kaio também deu boa movimentação ao time e acho que deveria ter mais oportunidades, pois se trata de um grande jogador.

Então diretoria, o Geninho está por aí dando sopa. Acho que temos bons jogadores, mas o Ney Franco não está sabendo lidar com a situação. Quem sabe um técnico com a experiência de Geninho e que sabe lidar com jovens valores não tragam novos ânimos para os lados da baixada, pois me parece que o ar está meio viciado, precisando de um novo fato motivacional.

Poderemos até ganhar do Atlético Mineiro no próximo domingo, mas acho que esse futebol marrento que o rubro-negro vem apresentando não vai mudar. Esse é o estilo do Ney Franco e não combina com os times que sempre tivemos, times com futebol alegre e veloz, como o desse menino Rogerinho.

Vamos acordar diretoria. Ainda estamos no começo do campeonato e podemos errar. Não vamos deixar para mudar a hora em que a água estiver no pescoço, pois daí as chances de se afogar serão muito maiores.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…