19 nov 2008 - 1h45

Alan Bahia vai receber homenagem pelo Gol 1000

O ataque do Atlético só começou a desencantar após a chegada de Geninho. Com um padrão de jogo definido, o treinador conseguiu armar um time compacto, que sabe a hora certa de explorar os contragolpes. A fórmula causou um efeito tão positivo que, quando todos menos esperavam pela comemoração do milésimo gol Rubro-Negro em Campeonatos Brasileiros, ele saiu. O autor já é conhecido e divulgado aos quatro ventos. Alan Bahia, o garoto com 314 jogos com o escudo do CAP no peito.

"O gol saiu na hora certa, num momento que eu mais precisava na minha carreira. Foi uma emoção muito grande porque são poucos os jogadores que permanecem num clube a longo prazo e sou um privilegiado de estar num clube grande como o Atlético há tanto tempo. Fico feliz por isso, agradeço à Deus e a minha família, minha esposa que sempre está ao meu lado me apoiando e me incentivando, além dos meus companheiros que me dão essa sustentação para eu dar o melhor", disse o jogador logo após a partida contra o Vitória.

O site Furacao.com, a Rádio Banda B, e os jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná vão homenagear o autor da façanha. Alan vai receber um troféu confeccionado pela Fanel Sports com os seguintes dizeres: "Atlético Paranaense – 1.000 gols em Campeonatos Brasileiros da 1ª Divisão. Homenagem a Alan Bahia, autor do milésimo gol do Furacão. Atlético PR 2 x Vitória. Baixada, Curitiba, 16 de Novembro de 2008."

Nesta quarta-feira o Programa Balanço Esportivo Banda B, às 12h30, na Rede CNT, vai dar ampla cobertura à premiação. O colunista da Furacao.com Marcel Costa é um dos convidados e vai falar da importância deste gol e do bom momento que o clube e Alan Bahia passam no fim do Brasileiro. Clewerson Bregenski, da Tribuna do Paraná e Cahuê Miranda, de O Estado do Paraná, também estarão presentes.

Detalhe do troféu [foto: TRIBUNA DO PARANÁ/Anderson Tozato]


Agradecimentos a José Carlos Faret e Carlos Roberto de Souza, da Fanel Sports (três endereços na cidade: Saldanha Marinho, 148 – Centro; Leopoldo Belczak, 1536 – Capão da Imbuia; Rua México, 840 – Bacacheri)



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…