22 nov 2008 - 20h41

Segue a luta!

O Atlético empatou por 2 a 2 com o Botafogo no Engenhão e somou mais um ponto na luta contra o rebaixamento. Os gols atleticanos foram marcados por Alan Bahia e Antonio Carlos.

O Atlético começou tomando as ações da partida, mesmo atuando fora de casa. O Botafogo não passava do seu campo defensivo. Logo aos 3 minutos, o Furacão teve grande chance de abrir o placar. Ferreira lançou Júlio César, que ficou livre para marcar. O atacante atleticano tentou driblar o goleiro Renan, mas este deu um leve toque e salvou o Botafogo. O castigo por ter perdido chance tão clara chegou aos 22 minutos. Lúcio Flávio em cobrança de falta perfeita na entrada da área colocou o time carioca na frente.

Após o gol, o Botafogo passou a dominar o jogo e perdeu duas grandes chances de gol, ambas salvas milagrosamente por Galatto. Aos 42 minutos, Eduardo chutou a queima-roupa e Galatto deu um leve toque. A bola bateu na trave e voltou para Eduardo, que chutou por cima. E aos 44 minutos, Zárate cabeceou livre e Galatto fez outra grande defesa. Para sorte do Atlético, o Botafago terminou o primeiro tempo vencendo por apenas 1 a 0.

Geninho realizou duas alterações no intervalo: saíram Zé Antônio e Júlio César para as entradas de Alberto e Pedro Oldoni. O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro, com o Atlético dominando o jogo. E logo aos 3 minutos, Pedro Oldoni perdeu a primeira de duas chances claras que ele teve no jogo. O goleiro Renan saiu mal e a bola sobrou para Oldoni livre dentro da pequena área, mas ele chutou para fora. E dois minutos depois, a bola foi cruzada para Pedro Oldoni e ele, novamente a poucos metros da meta, chutou para fora. O Atlético continuou insistindo atrás do empate e conseguiu aos 15 minutos. Ferreira tocou para Alan Bahia na entrada da área. O camisa 7 atleticano dominou e encobriu o goleiro botafoguense, marcando um lindo gol.

Após conseguir o sofrido empate, o Furacão relaxou e 4 minutos depois, em jogada ensaiada na cobrança de falta de Lúcio Flávio, Zárate ficou livre para marcar de cabeça o segundo gol carioca. O Botafogo voltou a assustar aos 26 minutos, quando Galatto saiu mal e Fábio cabeceou na trave. Refeito do susto, o Rubro-Negro voltou a atacar em busca do empate e teve sucesso. Aos 28 minutos, Alberto cobrou escanteio pela direita e o capitão Antonio Carlos empatou a partida. O jogo não teve mais emoções até o seu fim e o resultado final foi mesmo empate por 2 a 2.

O Atlético busca livrar-se totalmente do fantasma do rebaixamento no próximo domingo, quando enfrentará o Náutico no Estádo dos Aflitos.

%ficha=674%



Últimas Notícias

Hugo Moura comemora golaço marcado na Arena

Brasileiro

Volte sempre, meu vice.

Na Arena da Baixada, Athletico 4 x 2 RB Bragantino. O Athletico entrou em campo com um time bastante modificado, poupando jogadores para o confronto…