9 jan 2009 - 16h56

Com fim do time sub-23, Tico é demitido

O chamado time B do Atlético acabou oficialmente nesta semana, com as demissões do técnico Cleocir Santos, o Tico, e o auxiliar Zequinha. A dissolução da equipe era uma promessa de campanha do atual presidente Marcos Malucelli.

O time era formado por jogadores não aproveitados no time principal. Era a maneira que o clube encontrou para movimentar os mais de 50 atletas que mantinha no CT da Caju. A meta de Malucelli, porém, é trabalhar com, no máximo, 30 jogadores.

A dispensa de Cleocir Santos surpreendeu, pois ele chegou a dirigir o time principal por três vezes, no ano passado, após a dispensa de Roberto Fernandes. Até a contratação de Mário Sérgio, Tico comandou o Rubro-Negro diante do Náutico, Flamengo e São Paulo (pela Copa Sul-Americana). Seu retrospecto foi positivo, pois venceu duas vezes e empatou outra.

Os jogadores que não forem aproveitados pelo técnico Geninho deverão ficar treinando em separado, mas a intenção do clube é de emprestá-los ou vendê-los. Faziam parte do time, jogadores com idade até 23 anos, entre eles, o volante Roberto, convocado diversas vezes para seleções brasileiras de base, e os atacantes Choco e o árabe Kamali.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…