11 jan 2009 - 10h13

Moraci Sant’Anna cogitou retornar ao Atlético

O presidente Marcos Malucelli revelou que foi procurado pelo preparador físico Moraci Sant’Anna no início deste ano e os dois conversaram sobre um possível retorno do profissional ao Atlético. Moraci foi contratado pelo Atlético no segundo semestre do ano passado e o clube tentou a renovação de seu contrato para esse ano. No entanto, ele havia recebido uma oferta do técnico Zico para trabalhar no Bunyodkor, do Uzbequistão, e recusou a proposta de renovação em dezembro.

"Quando eu acertei com o Geninho, dia 10 de dezembro, imediatamente telefonei para o Moraci e lhe disse: ‘Moraci, já acertei com o Geninho, ele fica mais um ano, e agora é a tua vez, quero que você também fique o ano de 2009’. O Moraci me disse que tinha um convite do Zico para ser auxiliar dele no Uzbequistão e ele não teria como recusar aquela proposta, que era um valor altamente bom para ele, salários em euros, me disse até o valor, aqui no Brasil tem de somar o que ganham os preparadores físicos para dar o que ele ia ganhar lá, então ele iria para o Uzbequistão. Eu lamentei, ele disse que quando voltasse ele nos procuraria porque gostaria de voltar a trabalhar no Atlético", contou Malucelli em entrevista coletiva no CT do Caju.

O presidente atleticano contou que foi o próprio Moraci quem sugeriu que Ridênio Borges fosse efetivado como preparador físico do Atlético para a temporada 2009. "Eu até perguntei a ele quem ele indicaria para ser o nosso preparador físico e ele me disse: ‘você não precisa ir atrás de ninguém, você já tem aí o Ridênio’. Ele foi quem nos recomendou o Ridênio. Eu em seguida falei com o Geninho, efetivamos o Ridênio como preparador físico, o Geninho trouxe um outro auxiliar para ele, o Vanderlei, que está aí no CT, e encerramos o assunto", explicou Malucelli.

Porém, uma nova proposta profissional a Zico alterou os planos de Moraci. O técnico foi contratado pelo CSKA Moscou, da Rússia, e rescindiu seu contrato com o Bunyodkor. "Há poucos dias, o Moraci me telefonou para dizer que a ida dele para o Uzbequistão não deu certo porque o Zico havia rescindido o contrato com o time e estava indo para o CSKA e que ele estava à disposição do Atlético. Mas aí, nós já estávamos com o Ridênio efetivado na preparação física, já com a programação do retorno das férias pronta, com o outro já contratado, e já vindo para Curitiba. O Moraci me telefonou segunda-feira dia 5, nós tínhamos o início da temporada marcado para o dia 7, evidentemente que já estávamos com tudo programado, contrato assinado, não tinha como", observou o dirigente rubro-negro.

"O Moraci entendeu perfeitamente, colocou-se à nossa disposição se mais adiante precisarmos dele, e infelizmente não tivemos como trazê-lo nesta oportunidade justamente porque ele ia embora e ele pediu para que nós o liberássemos", concluiu.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…