24 jan 2009 - 0h55

Oscar mais uma vez perdeu pênalti contra o Atlético

Pênalti a favor do São Paulo contra o Atlético. Esse é o maior pesadelo do atacante Oscar. O jogador de apenas 17 anos mais uma vez chorou no gramado após não converter uma penalidade máxima. Na partida desta sexta-feira o herói foi o goleiro Santos, que defendeu a cobrança marcada irregularmente pelo árbitro Marcos Oliveira Sá. O jogo estava nos acréscimos e o tricolor paulista tentava o empate. Numa bola dividida entre o atacante Henrique e o goleiro Santos, Sá conseguiu enxergar uma irregularidade.

Aos 48 minutos, Oscar correu em direção a marca da cal e cobrou. Santos voou para o lado direito e conseguiu evitar que a decisão para a final da Copa São Paulo fosse para os pênaltis. Com a vitória de 2 a 1, o Atlético se classificou e aguardou o Corinthians passar pelo Avaí para fazer a finalíssima no próximo domingo, no Estádio Pacaembu. Enquanto isso, Oscar saia de campo enxugando as lágrimas pelo fracasso.

Talvez o jogador adversário estivesse lembrando da mesma cena que viveu há quase um ano, na Copa Sul-Americana. Depois de dois empates por 0 a 0 na Arena da Baixada e no Morumbi, a decisão para a fase seguinte da competição foi para os pênaltis. Confira o que Oscar fez clicando no vídeo abaixo.



Últimas Notícias