25 jan 2009 - 19h14

Estreia com o pé direito!

O Atlético começa o ano de 2009 com o pé direito. O Furacão venceu o Rio Branco por 3 a 0, em Paranaguá, com gols de Rafael Moura, Lima e Alex Sandro. Com o resultado, o time do técnico Geninho lidera o Campeonato Paranaense pelo saldo de gols.

Os dois times sentiram um pouco a falta de ritmo nesta primeira partida, com alguns erros de passes e falhas nas finalizações, em virtude principalmente da parte física, tanto que Rhodolfo deixou o campo ainda no primeiro tempo com uma lesão.

Placar zerado na primeira parte do jogo

O primeiro tempo se resumiu em duas coisas: enquanto o Atlético usava sua principal arma de 2008, as bolas paradas de Netinho, o Rio Branco se aproveitava se chutes de fora da área para tentar chegar ao gol de Galatto. A primeira grande chance do Rubro-negro foi aos seis minutos, quando Antônio Carlos cabeçeou uma bola na trave, após escanteio batido por Netinho. Aos 12 minutos, Ferreira poderia ter aberto o marcador, mas acabou isolando a bola por cima do gol de Célio. Sete minutos depois foi a vez de Júlio César quase marcar, mas o goleiro adversário praticou excelente defesa. O Furacão continuava no ataque, com Ferreira e Júlio César desperdiçando gols incríveis. O Rio Branco teve duas oportinidades de abrir o placar com seus alas. Aos 32 minutos Ninho bateu firme, mas Rhodolfo tirou em cima da linha. Cinco minutos depois foi a vez de Baiano tentar, para ótima defesa de Galatto. Logo em seguida Rhodolfo deixou o campo machucado, dando lugar para Gustavo Araújo.

Gols e reestreia de Lima

A segunda etapa começou morna, com as equipes congestionando o meio-de-campo. Aos 13 minutos o Atlético abriu o placar, com Rafael Moura. Netinho cobrou falta da direita e o atacante atleticano marcou de cabeça. Logo após o lance de gol, Rafael saiu do jogo para que Lima fizesse sua reestreia com a camisa do Atlético. Depois do gol o jogo ganhou em emoção. Aos 15 minutos o Rio Branco quase chegou ao empate. Dois minutos depois, Netinho cobrou escanteio na área e Julio dos Santos acertou novamente o travessão de Célio. Na sequência do lance Alberto cometeu falta, levou o segundo cartão amarelo e deixou o Furacão com dez em campo. Aos 32 minutos o Atlético chegou ao segundo gol, com Lima. O goleiro do Rio Branco falhou feio na saída do gol, deixando o atacante atleticano com a meta aberta para marcar. No minuto seguinte Julio do Santos quase ampliou, mas acabou parando na defesa de Célio, que mandou para linha de fundo. Aos 43 minutos, o garoto Alex Sandro deu números finais ao marcador, fazendo um belo gol em jogada individual. O Rio Branco até tentou marcar o de honra dois minutos depois, mas Valencia tirou em cima da linha.

Na próxima rodada o Atlético encara o Foz do Iguaçu, na Arena da Baixada. O jogo será na quinta-feira, às 19h30.

%ficha=677%



Últimas Notícias