1 fev 2009 - 8h49

Manchetes atleticanas deste domingo

22 Atletibas em campo (2 no banco e 35 mil na arquibancada)
Curitiba amanhecerá diferente hoje. Afinal, é dia de Atletiba. O maior clássico do Paraná mexe com a cidade. Nem quem não é rubro-negro ou alviverde consegue ficar indiferente ao duelo. É como se a capital parasse durante os 90 minutos da disputa. E só voltasse à vida normal após o apito final do árbitro. Aí, inicia-se outro ritual. O lado vencedor não perde a oportunidade de tripudiar em cima do sofrimento do arquirrival – a 338ª edição do confronto entre Atlético e Coritiba será disputado hoje, a partir das 19 horas, no Couto Pereira.

 

Atletiba cheio de atrações movimenta Curitiba neste domingo
As maiores paixões da torcida paranaense se reencontram hoje. Coritiba e Atlético, os dois times mais populares e vencedores do Estado, entram em campo às 19h, no Couto Pereira, para o primeiro Atletiba de 2009.

 

No Atletiba, a esperança poderá sair do banco
No clássico Atletiba deste domingo, além dos titulares que iniciarão a partida, os técnicos Ivo Wortmann e Geninho contam com duas grandes opções para o decorrer do jogo: o meia-armador Dinelson, pelo Coxa, e o meia-atacante Marcinho, contratado recentemente pelo Furacão.

 

Rivalidade dá o tom no Atletiba
Coritiba e Atlético fazem hoje o primeiro clássico do Campeonato Paranaense. A partir das 19 horas, o Couto Pereira será palco, mais uma vez, da principal rivalidade do futebol do Estado. Um jogo que, mesmo com os dois times ainda longe do ritmo ideal e buscando o melhor acerto neste início de temporada, promete muita disputa em busca da liderança da competição.

 

Couto Pereira vai ferver
Para os torcedores de Coritiba e Atlético Paranaense, o Campeonato Estadual começará para valer hoje à noite. Isso porque a partir das 19 horas, o Atletiba, clássico de maior rivalidade do Futebol Paranaense, movimentará o Estádio Couto Pereira, que deverá contar com aproximadamente 34 mil torcedores.

 


Últimas Notícias

Notícias

O Fanático paraguaio

Em 2010 o Athletico contratava um meia atacante paraguaio com pouca rodagem dentro de seu país e um currículo um pouco estranho. Iván González se…

Opinião

Um basta ao racismo

A Furacao.com, em nome de todos os seus colaboradores, vem a público manifestar o seu repúdio aos atos racistas cometidos por alguns torcedores na Arena…