14 fev 2009 - 21h10

Geninho: "Eu não acho que a equipe jogou tão mal assim"

O técnico Geninho concedeu entrevista coletiva após o empate do Atlético com o Nacional de Rolândia por 2 a 2 na noite deste sábado na Arena da Baixada. Apesar das críticas da imprensa e das vaias da torcida, Geninho não quis fazer "terra arrasada" com o resultado. "Não se pode cobrar de jogador nenhum empenho e dedicação. Isso eles tiveram", decretou o técnico.

Ele reconheceu os erros de sua equipe, mas fez questão de valorizar o empenho dos jogadores do Nacional. "Jogamos contra um time muito bem montado. Deixava um homem somente na frente, voltava todo mundo para marcar. Foi um time altamente aplicado", elogiou o treinador.

O discurso de Geninho foi de valorização do trabalho realizado até aqui. "Eu não acho que a equipe jogou tão mal assim. Concordo que tivemos erros e aponto a falta de tranquilidade como um erro grave", apontou. "O time, em alguns momentos, queria jogar na força. O time não teve tranquilidade para sair da marcação", comentou.

Para o treinador atleticano, o time melhorou de produção na segunda etapa, mas o jogo foi difícil. Ele acha que essa partida pode servir de lição para o restante do ano. "É muito bom que tenha acontecido em um início de temporada, porque você pode encontrar outra situação dessa pela frente e você tem de saber como sair disso. Eu acho que o time, mesmo com tantos erros, acabou achando dois gols. E aí deu cinco minutos de bobeira", comentou Geninho.

"A torcida cobrar é uma coisa naturalíssima. Todo mundo quer ver o time ganhar e dando show. Mas é difícil, o futebol do Brasil está muito difícil. Eu acho que a hora que você enfrentar um time que sai mais para o jogo, você vai ter mais espaço para jogar", reconheceu Geninho.

Para finalizar, o técnico reforçou o discurso de ponderação: "Temos que evoluir? Claro que temos de evoluir? Eu não vou dizer que nós não erramos. Claro que erramos. Mas acho que uma parte foi mérito do adversário e a outra parte foram os nossos erros. Não estou dizendo que o Atlético foi perfeito, só estou dizendo que não foi aquela calamidade".



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…