17 fev 2009 - 17h59

Marcos Malucelli responde críticas formuladas pela oposição

O presidente do Atlético Paranaense, Marcos Malucelli, rebateu acusações veiculadas na Internet de que a sua gestão não estaria cumprindo promessas da campanha no final do ano passado. Em entrevista à rádio CBN, Malucelli disse que tudo está sendo feito, principalmente o investimento em futebol.

"Já estamos cumprindo esta promessa. O primeiro torneio que disputamos foi a Copa São Paulo que chegamos em segundo lugar, ou seja, ficamos entre os três primeiros. No segundo torneio, o Paranaense, estamos em primeiro, está sendo cumprida", declarou, lembrando que a promessa era ficar entre os três primeiros lugares em todos os campeonatos em todas as categorias.

Ainda sobre o futebol, Malucelli lembrou da manutenção do elenco e da comissão técnica. "Você não mandar jogador embora, manter o treinador é investir em futebol. Você evita despesas à toa. Não mandar jogador embora é investir. Nossa folha diminuiu em 25%, isso é investimento, deixar de gastar o supérfluo. O padrão é bom, para o Brasileiro é outra questão. Para este inicio é o suficiente", completou o presidente atleticano.

Sobre contratações de jogadores, Malucelli destacou. "O Lima é só verificar junto à torcida sobre ele, se estão ou não satisfeitos. Já o Preá chegou outro dia, precisamos esperar, fez apenas duas partidas. Vamos dar tempo ao jogador", disse.

Situação financeira

Sobre a situação financeira do clube, Malucelli afirmou que tratará do assunto depois que receber um levantamento feito pelo departamento financeiro rubro-negro.

"No início de dezembro, esclareci como estava a situação. De lá prá cá solicitei um levantamento financeiro do clube e está sendo feito. Esta semana vou ter isso em mãos e é possível que esta semana ainda eu me pronuncie sobre esse assunto", resumiu o presidente atleticano.

Malucelli ainda falou sobre o manifesto oposicionista que circula na internet, cobrando promessas de campanha. "Esse manifesto eu não tomei conhecimento. O que eu sei é que o candidato oposicionista da época desconhece esse manifesto. O próprio candidato que encabeçou a chapa não conhece", avaliou.

Além desses assuntos, Malucelli falou sobre os retornos de Roberto Karam (Comunicação, Marketing e Relações Pública) e Edilson Thiele (Departamento Médico), convocando todos os atleticanos a se unirem ao Clube. "Eles (Karam e Thiele) estão de volta, somente tem a somar, não tem qualquer remuneração, sem que seja nomeado como diretor e são bem vindos. Queremos o atleticanismo de volta, todos os atleticanos participando da vida do clube", declarou.



Últimas Notícias