25 fev 2009 - 23h58

Noite de Marcinho

Com boa atuação, Atlético venceu o Iguaçu fora de casa (União da Vitória) por 2 a 0, manteve a invencibilidade no campeonato e abriu quatro pontos do segundo colocado, embora com um jogo a mais.

A partida começou equilibrada, com as equipes se estudando e se adaptando ao gramado liso em função da chuva. A partir dos 10 minutos, apesar das quatro alterações promovidas pelo técnico Geninho em fase de testes de jogadores, o Atlético passou a dominar o jogo, atuando em velocidade pelas laterais do campo, em especial com a boa atuação de Márcio Azevedo pelo lado esquerdo, sem ser ameaçado no sistema defensivo, bem postado com o trio de zagueiros e protegido por Valencia e Renan.

Aos 13 minutos a primeira boa chance do Atlético: após cruzamento de Marcinho, Antonio Carlos subiu mais que os defensores do Iguaçu, mas o cabeceio saiu rente a trave. Melhor em campo, Atlético não sofria sustos defensivos, mas o domínio não acarretava em chances claras de gol.

Após insistir em cruzamentos perigosos pelas laterais do campo, o Atlético chegou ao gol em boa jogada rápida na entrada da área, em que Marcinho recebeu passe de letra de Rafael Moura, ficando livre para chutar com categoria no canto baixo esquerdo do goleiro, abrindo o placar no praticamente lotado estádio Antiocho Pereira em União da Vitória, mantendo a vitória parcial até o final da primeira etapa. O estádio, aliás, utiliza cadeiras e iluminação da antiga Baixada.

O segundo tempo iniciou da mesma forma do primeiro, com o Atlético dominando, mas com o Iguaçu mais ofensivo, após uma substituição no intervalo. Não demorou para o Atlético criar boas chances de gol. Na primeira, aos 06 minutos, Marcinho chutou cruzado de dentro da área, mas goleiro fez boa defesa. Aos 16 minutos, a dupla Renan e Marcinho funcionou novamente: Wallysson fez boa jogada pela ponta direita e cruzou com força para a área, defesa cortou mas a bola foi para os pés de Renan, que fez passe para Marcinho. O meia, confirmando a expectativa como a grande contratação da temporada, girou o corpo chutando de primeira, forte e cruzado para ampliar o marcador, Atlético 2 a 0.

O Iguaçu tentou pressionar e chegou a criar boas chances aos 20 e aos 22 minutos, a primeira em chute forte bem defendido pelo goleiro Vinícius e a segunda em boa jogada pela ponta direita. Aos 23 minutos o Atlético promoveu a primeira alteração, saindo Juninho, que fez boa estreia, para a entrada de Chico. Em seguida o Iguaçu fez logo as últimas duas substituições.

A partida ficou mais aberta. Aos 26 minutos Rafael Moura e Marcinho trocaram passes de calcanhar dentro da área, mas sem conseguir chutar ao gol. Aos 29 minutos o Iguaçu por pouco não diminiui, com chute cruzado saindo pela linha de fundo. Aos 31 minutos Geninho promoveu a segunda alteração, colocando Lima no lugar de Rafael Moura.

De fora da área, aos 35 minutos Walysson arriscou bom chute de fora da área, mas para fora. Aos 39 minutos saiu Walysson para entrada de Gabriel Pimba. Dos estreantes, Vinícius foi pouco acionado. Walysson teve atuação discreta, enquanto Juninho mostrou segurança na zaga. Renan esteve muito bem, tanto defensiva quanto ofensivamente, inclusive participando dos dois gols.

O Atlético volta a campo no próximo domingo, às 18h30, na Arena da Baixada, em partida contra o Iraty.

%ficha=685%



Últimas Notícias