4 mar 2009 - 23h30

Tocantins jogou recuado temendo goleada

Um time recuado e altamente defensivo. Esse foi o panorama de jogo do Tocantins na noite desta quarta-feira, no estádio Nilton Santos. Para o jogo pela Copa do Brasil, o técnico Rodrigues Gato chegou a alterar o esquema tático do time, jogando num 3-6-1. a idéia era povoar o meio-de-campo do time para tentar dificultar as coisas para o Furacão e tentar levar a disputa par ao jogo da volta, na Arena da Baixada.

Não deu certo. O Tocantins perdeu por 3 a 0 e o Atlético garantiu já no primeiro jogo a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil.

Apesar do objetivo não cumprido, o técnico Geninho destacou a aplicação tática do time do Tocantins, que fez um sistema de marcação muito forte durante todo o jogo. “Foi um time que se portou atrás, mesmo tomando três gols não saiu para o jogo. Foi marcação homem a homem, o que dificultou muito o time do Atlético. E depois de 3 a 0 nosso time também parou um pouco, ficou rodando mais a bola, até porque o calor estava muito forte. Mas mesmo assim tivemos oportunidades de mais gols”, disse Geninho.

Segundo o treinador atleticano, em campo o time procurou a vitória e a classificação já no primeiro jogo da Copa do Brasil. “O time jogou buscando futebol de resultado e não de espetáculo. O adversário marcava forte, o calor era forte também”, concluiu.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…