6 abr 2009 - 13h21

Geninho confirma contato do Grêmio

O técnico Geninho admitiu nesta segunda-feira que foi contatado pela direção do Grêmio, para ser o substituto de Celso Roth. Porém, o treinador deixou claro que aceita conversar com a direção gremista, mas somente após o término do Campeonato Paranaense – no qual faltam quatro rodadas para o término.

"Participei de toda montagem desse time. É uma situação complicada. Não tenho motivos para deixar o Atlético. Sou considerado um ídolo aqui, respeitado pela imprensa. Estamos em uma reta final. Seria muito complicado para o clube abandonar a equipe faltando quatro rodadas", conta.

Geninho deixou as portas abertas para negociar com o Grêmio após o fim do regional.

"Depois de terminar essa fase é uma nova situação. Passei isso para o contato que tive com a pessoa do Grêmio que me contatou. Neste momento, é muito difícil minha saída", afirma o treinador.

O presidente do Atlético, Marcos Malucelli, afirmou neste domingo, após a vitória sobre o Iraty, por 3 a 1, que o clube não abre mão de Geninho. O dirigente ainda disse que espera que o Grêmio não assedie o treinador.

"Quando contratamos o Geninho, ele estava sem clube. Esperamos que prevaleça a ética no futebol entre os times co-irmãos que integram o Clube dos Treze e que não haja assédio em treinadores que já estão trabalhando. Não abrimos mão do Geninho. Queremos ele no mínimo até o final do ano", declarou Malucelli.

Fonte: Zero Hora



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…