7 abr 2009 - 11h38

Rafael Moura será julgado hoje pelo TJD

Expulso na partida contra o Iraty, válida pela 10ª rodada do Campeonato Paranaense, o atacante Rafael Moura será julgado hoje pela Segunda Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD/PR) e pode ser suspenso por até três partidas.

Já nos acréscimos daquele jogo, o artilheiro do Furacão acabou sendo expulso pelo árbitro Heber Roberto Lopes após se desentender com o zagueiro Diogo. O jogador foi denunciado no art. 250 do CBJD, que prevê a suspensão de uma a três partidas por "praticar ato desleal ou inconveniente durante a partida, prova ou equivalente". O atacante ainda voltará ao tribunal para ser julgado pela expulsão no jogo contra o Paranavaí, ocorrida dia 22/3.

Preocupação

O atacante havia demonstrado preocupação quanto ao julgamento da expulsão diante do Iraty, em entrevista coletiva à imprensa após a vitória de domingo. "Nessa expulsão todos viram que o jogador deles me deu um tapa e cuspiu na minha cara. Sou um cara vibrante, que expõe opiniões e dentro de campo dificilmente sou desleal. Sempre busco as jogadas, é uma coisa que me surpreende e me preocupa esse julgamento por causa dos clássicos pra frente, me deixa temeroso. Mas tenho certeza de que quem vai me julgar é extremamente competente e vai saber agir. Já fui a alguns julgamentos e já vivi situações parecidas com essas e sempre fui absolvido. Espero ser dessa vez também", comentou.



Últimas Notícias

Paranaense

Atletiba acaba empatado

Coritiba e Athletico ficaram no empate de 1 X1 no Couto Pereira no final da tarde, quase noite pelo Paranaense 2024. Mastriani abriu o placar…