17 abr 2009 - 0h20

Itaú vai patrocinar a Copa de 2014

O Itaú fechou, nesta quinta-feira, um contrato de patrocínio à Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. O compromisso, que não teve seus valores revelados, foi firmado com a Fifa, e garante o banco nacional como parceiro local da entidade-mor do futebol para o evento.

"Realizar a Copa do Mundo no Brasil significa gerar riqueza e empregos e contribuir para o desenvolvimento do Brasil. Para que o evento se realize, serão necessários importantes investimentos em infraestrutura", disse Fernando Chacon, diretor-executivo de marketing do Itaú.

Além disso, a instituição financeira poderá trabalhar sua comunicação como o banco brasileiro patrocinador oficial da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Nesse caso, porém, trata-se de uma associação com a Visa, parceira máster da Fifa para os dois próximos mundiais.

O compromisso com 2014 complementa o trabalho de marketing do Itaú que começou na escolha do Brasil como sede. Antes da Fifa fazer sua opção, o banco era o único patrocinador da campanha, e depois também tornou-se parceiro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"O banco Itaú apostou desde o início na seriedade do projeto de 2014, o que demonstra o profissionalismo com que ele foi gerido, e pode se considerar também vitorioso com a chancela da Fifa escolhendo o Brasil como país-sede", disse Ricardo Teixeira, presidente da CBF.

Atualmente, a instituição financeira paga cerca de US$ 15 milhões anuais para a CBF, em um contrato que inclui todas as seleções da entidade.



Últimas Notícias